LEAD: Como começar uma redação dissertativa para concurso público

“‘De acordo com alguns amantes da língua portuguesa….’ calma, isso não ficou legal. Vamos começar de novo! ‘Segundo o professor e mestre de…’ Meu Deus, isso também está horrível”. Quem nunca passou por isso ao começar a escrever um texto? Horas e horas são perdidas ao tentar começar uma redação dissertativa para concurso público. Entretanto, em uma prova nós não temos todo esse tempo disponível para fazer nossa criatividade pegar no tranco. No final das contas, acabamos por fazer uma redação medíocre, onde torcemos para o resultado sair o mais depressa possível para vermos se fomos reprovados ou não.

O que você não sabe é que fazer a introdução de uma prova discursiva não está ligada diretamente a sua criatividade. Existem técnicas jornalísticas que podem ser adaptadas para nós, concurseiros, e foi exatamente isso que eu fiz para ter notas bem acima da média nas provas discursivas. Neste texto, eu não vou ensinar como fazer uma redação inteira, afinal de contas grande parte dos concurseiros tem maiores dificuldades em começar a escrever, pois acontece o famoso “branco”. Mas a partir de hoje isso nunca mais irá acontecer e você finalmente vai descobrir como começar uma redação dissertativa para concurso público.

começar uma redação dissertativa para concurso público

Entenda o que é uma dissertação

Antes de passar a técnica, vou explicar o que é a dissertação e por que esse é o modelo cobrado em provas. Se você já sabe o que é uma dissertação basta pular para o próximo tópico.

O texto dissertativo é o mais utilizado em provas de concursos e vestibulares, afinal de contas, sua finalidade é mostrar ao avaliador (a banca) o quanto certo candidato sabe sobre o assunto cobrado. Nesse tipo de redação, o avaliado deve apresentar com suas palavras o quanto ele defende ou repudia o tema proposto. Mas para isso, ele precisa se embasar em algo concreto. Por isso a utilização de expressões de senso comum é abolida nesse tipo de texto.

Apesar da estrutura ser simples (introdução, desenvolvimento e conclusão) algumas pessoas acabam pecando nessa construção por não saber iniciar o texto ou por iniciar de forma errada. Ou seja, não adianta saber construir toda essa estrutura e não saber como começar uma redação dissertativa para concurso público, não conhecer a gramática de língua portuguesa, não ser claro e objetivo ou não conseguir convencer seu leitor de que seus argumentos estão totalmente de acordo com o que foi pedido.

 O que o jornalismo pode me ensinar?

Para quem não sabe, eu sou formado em jornalismo e já estudo para concursos há bastante tempo. Antes de começar a estudar, trabalhei em alguns lugares que praticamente me ensinaram o que realmente é escrever. Sabe aquela redação que aprendemos na escola? Aquilo não é nada e não serve para nós, concurseiros. Se você quer tirar uma boa nota na sua prova discursiva você precisa estudar redação discursiva e investir em cursos específicos, além de escrever bastante.

Uma das coisas que eu aprendi escrevendo matérias para veículos de comunicação é que se o seu texto não tem uma boa introdução, nem um terço dos leitores terminarão de lê-lo. A introdução, sem dúvida, é a parte mais importante da sua redação. O problema é que algumas pessoas acham que a introdução foi feita para dizer tudo que precisa ser dito, quando na verdade, a introdução deve deixar um “tom” de mistério para ser esclarecido no desenvolvimento do texto.

LEAD: como começar uma redação dissertativa para concurso público

Provavelmente muitos de vocês nunca ouviram falar na técnica chamada LEAD. Esse termo é a base do jornalismo impresso e significa algo como “primeira parte” ou “o que vem à frente”. Ou seja, essa é a introdução de um texto jornalístico. De acordo com esse método, o primeiro parágrafo de uma notícia deve responder 6 perguntas básicas:

  • Quem;
  • O que;
  • Quando;
  • Onde;
  • Como;
  • Por quê.

Decore esses seis elementos, daqui a pouco vou fazer te um “desafio” e você verá como vai ficar muito mais simples começar um texto.

A partir de agora, todas as vezes que você tiver que começar uma redação você tentará substituir essas expressões pelo que está sendo pedido na sua prova. Mas não force a barra, use o que for possível, nem sempre temos informações para utilizar as seis palavras.

Como utilizar o LEAD na redação

Eu peguei uma prova discursiva para fazer um exemplo com você de como utilizar o lead para começar uma redação dissertativa para concurso público.

Como podemos ver, nessa prova o candidato deveria apresentar 3 explicações simples. Em provas assim, não é necessário que você apresente todas as seis respostas na sua introdução, afinal de contas, como já dissemos, algumas das palavras do LEAD pode já estar subentendido no próprio texto. Abaixo vamos conferir um bom exemplo de como começar uma redação dissertativa para concurso público.

Criando o começo da redação

fazer introdução de redação discursiva

A Constituição Federal de 1988 em seus artigos 227 e 228 juntamente com o Estatuto da Criança e do Adolescente trouxeram, de forma inovadora em nosso ordenamento jurídico as crianças e os adolescentes como sujeitos de direitos por meio do princípio da proteção integra, da dignidade humana e da solidariedade. Além disso, o próprio ECA trouxe penalizações àqueles que cometem abusos contras as crianças e os adolescentes.“.

Agora vamos mostrar como eu utilizei o lide para escrever esse texto:

Quem: A Constituição Federal de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente

O que: trouxeram, de forma inovadora em nosso ordenamento jurídico as crianças e os adolescentes como sujeitos de direitos por meio do princípio da proteção integra, da dignidade humana e da solidariedade

Quando: já está subentendido que esses benefícios foram trazidos na data de publicação de cada das respectivas leis.

Onde: em nosso ordenamento jurídico

Como: Com penalizações àqueles que cometem abusos contras as crianças e os adolescentes

Por que: Também já está subentendido no item “C” que crianças precisavam de mais proteção contra abusos.

Como o LEAD me ajudou

O texto que vocês viram acima foi a introdução da minha redação para o concurso da Secretaria da Criança do DF. Eu resolvi colocar esse meu texto pois quero mostrar para você como uma boa introdução pode fazer diferença na sua colocação no concurso. A prova objetiva desse concurso foi bastante difícil e eu tive algo em torno de 40 minutos para desenvolver toda a minha dissertação, desde o zero. Graças a facilidade com a introdução, o restante do texto saiu da forma mais natural possível e minha nota foi uma das mais altas entre os candidatos. Eu ganhei cerca 450 posições somente com a nota da redação.

Qual o melhor curso de redação discursiva para concurso?

Apesar de já escrever há bastante tempo, eu também tive que fazer cursos de redação discursiva para conseguir adaptar meu estilo de escrita para o mundo dos concursos públicos. Mas será que vale a pena fazer curso de redação? Claro que sim, em dois concursos eu consegui ter uma melhor colocação por causa da minha nota da redação. Esse acima, onde ganhei mais de 400 posições e no concurso da Polícia Civil do Goiás, onde eu nem estava no Cadastro Reserva com a nota da prova objetiva e fui jogado pras vagas com a nota da redação.

Se o seu concurso tem prova discursiva, invista num curso tanto quanto você investe nos estudos pra prova objetiva. Em alguns concursos a nota da redação chega a valer quase a pontuação da prova objetiva, ou seja, tudo pode mudar. Um dos cursos que fiz e gostei foi o Curso de Redação Discursiva do Estratégia Concursos. Você pode baixar uma aula grátis desse curso da seguinte forma:

  • Abra o site do Estratégia (Clique Aqui);
  • Vá em “Filtre por título” e digite “discursiva”;
  • Clique em “veja os cursos”.
  • Depois, em Curso de Discursivas CESPE clique em “Saiba mais”;
  • Agora basta descer a barra lateral até aulas demonstrativa e fazer o download.

Se você não conhece os cursos do Estratégia, dê uma lida no artigo 5 motivos que me fazem acreditar que o Estratégia é bom.

Desafio

Pegue uma prova discursiva que você já tenha feito de qualquer concurso e tente refazer utilizando o LEAD. Veja como você conseguirá começar a introdução de uma forma mais simples, clara, objetiva e célere. Se você conseguiu, poste aqui embaixo nos comentários como foi sua tentativa. Se não conseguiu começar uma redação dissertativa para concurso público comente abaixo e vamos conversar mais sobre o assunto.

LEAD: Como começar uma redação dissertativa para concurso público
5 (100%) 11 votes