Como estudar sozinho para o Enem

Arrow
Arrow
Slider

Você sabia que é possível estudar sozinho para o Enem e ser aprovado? Provavelmente, grande parte dos estudantes acham que isso é meio difícil acontecer, afinal de contas estudar sem um professor ao lado pode ser uma tarefa bem difícil, não é?

Na verdade, você vai descobrir aqui nesse texto que estudar sozinho pode ser até melhor que estudar por cursinhos presenciais. Quer saber como isso é possível? Acompanhe as dicas.

estudar sozinho para o enem

Antes de qualquer coisa, você deve ter consciência de que o Enem é um dos vestibulares mais concorridos do mundo. Sim, do mundo! Apesar disso, conseguir uma boa nota para cursar a graduação desejada não é algo difícil, afinal de contas a quantidade de pessoas que se prepara da forma correta é mínima.

Monte uma Estratégia para estudar sozinho para o Enem

Você pode ter terminado o ensino médio agora, pode nem ter terminado ainda ou pode já ser graduado. Esses fatores não fazem diferença para quem deseja fazer a inscrição para o Enem. Qualquer pessoa pode fazer a prova, e talvez por isso o Enem seja visto como um dos mais concorridos. Mas a quantidade de pessoas que sabem se preparar não é grande. Por isso, para ter uma boa pontuação você deverá traçar boas estratégias de como estudar sozinho para o Enem.

Há alguns anos, poucos estudantes tinham a coragem de estudar sozinho/por conta própria para o Enem, mas em plena era tecnológica esse fato está mudando e a quantidade de pessoas que decidem estudar em casa é enorme. Baixo custo e até mesmo uma melhor preparação estão entre os fatores que fizeram o estudante mudar sua forma de se preparar.

Os cursinhos online tomam conta do mercado, e a maioria dos bons professores também já migraram dos cursinhos presenciais para o mundo online. Quando você decide estudar em um cursinho presencial, você ainda assume uma série de riscos – geralmente ligados ao custo monetário e a forma de aprendizagem, ou seja: dinheiro e qualidade.

Dinheiro e qualidade

Em relação ao dinheiro, você precisa gastar com alimentação, transporte, apostilas, livros, além do próprio valor do cursinho. E quando se fala sobre o possível baixo nível de aprendizagem, lógico que não me refiro aos professores, mas ao estresse relacionado a você mesmo. Por exemplo: você precisa se locomover da sua casa ao cursinho e é bem provável que precise pegar trânsito. Num dia rola um imprevisto e o professor não pode dar aula, no outro dia quem não pode ir ao cursinho é você. Tudo isso vai gerando uma bola de neve.

Esses são apenas alguns dos motivos que levam milhares de candidatos a uma vaga a estudar em casa. O problema é que grande parte desses estudantes não sabe se preparar, e tudo isso se deve a um motivo bem simples: Desde a infância somos treinados para aprender as coisas com uma pessoa do nosso lado dizendo o que fazer. Primeiro é sua mãe dizendo como você deve colorir, em seguida no Ensino Fundamental e Médio um professor te entrega tudo da forma mais fácil possível etc.

Mas com essas dicas abaixo, nós vamos quebrar esse paradoxo de que é impossível estudar sozinho para o Enem e ser aprovado.

Motivação para estudar sozinho para o Enem

Antes de qualquer coisa, você deve ter pensamento positivo de que vai conseguir ser aprovado estudando sozinho para o Enem. De nada adianta continuar lendo as outras dicas se você, que é o dono de si, ainda não tem certeza de que é capaz de ser aprovado por conta própria.

Qualquer pessoa é capaz de ser aprovado em qualquer prova. Você sempre foi o pior aluno da escola? Não tem problema, você também é capaz. Todos nós somos.

estudar sozinho para o enem 12

Tempo

Não tem jeito, se você quer passar na prova você deverá doar grande parte do seu tempo aos estudos. Procure manter os horários de forma a criar um rotina. Essa é a forma mais fácil para acostumar com os estudos sozinho. Por exemplo, se você só pode estudar 4 horas por dia, tente fixar um horário como das 6h às 10h. Esse horário vai ser “sagrado” e você deve deixar isso bem claro para seus pais, amigos, namorado… Mais pra baixo veremos como.

Plano de Estudos para estudar sozinho para o Enem

Decidiu qual vai ser o horário dedicado aos estudos? Então agora é a hora certa para criar um cronograma de estudos. Essa dica é essencial para que você não perca tempo estudando aquilo que não cai na sua prova ou, caso já esteja perto do dia da prova, você também vai usar a Técnica do Check-up. Calma, eu já explico essa técnica.

Técnica do Check-up

Poucas pessoas sabem disso, mas a maioria das provas tanto para o Enem como para concursos tem uma margem onde o examinador sempre aplica o mesmo conteúdo em todas as provas. Veja bem, eu disse o mesmo conteúdo, não disse que serão as mesmas questões. É como se fosse o conteúdo preferido do examinador.

Por exemplo: em Língua Portuguesa, se fizermos uma avaliação das últimas provas do Enem chegamos a conclusão de que cerca de 60% da prova de Português foi baseada em questões de Interpretação de Texto. Sabendo disso, você dará mais atenção à Interpretação de Texto do que a Figuras de Linguagem, que esteve presente em apenas 7% da prova.

Neste caso, você vai eliminar os conteúdos menos importantes e deixar seus estudos mais objetivos. Mas vale lembrar que essa técnica só é boa no caso de você já estar muito perto da prova. Caso ainda falte mais de 2 meses, por exemplo, você pode estudar todo o conteúdo. Quando estiver faltando cerca de um mês para a prova, você começa a aplicar o Check-up. Com certeza você terá uma boa nota.

VEJA VÁRIAS DICAS DE COMO ESTUDAR PARA O ENEM DO JEITO CERTO

Cantinho de estudos

Então, esse é o lugar sagrado para quem estuda e por isso deve seguir uma espécie de “padrão”:

O local deve ser bem iluminado, pois isso ajuda na concentração. Já imaginou estudar em um local escuro somente com uma pequena fonte de iluminação? Com certeza você dormiria antes de terminar o conteúdo. Além disso, evite deixar seu local com uma temperatura muito alta ou muito baixa. Essas variações de temperatura afetam diretamente nossa concentração.

cantinho de estudos

Esse cantinho dedicado aos estudos pode ser seu quarto ou até mesmo algum lugar fora de casa, como uma biblioteca. O importante é que, além de ser iluminado e arejado, seja silencioso, limpo e que não tenha distrações como TV ou seu celular. Antigamente eu também acreditava que música poderia atrapalhar os estudos, até ler esse artigo que vou deixar abaixo.

ESCUTAR MÚSICA ENQUANTO ESTUDA PODE FAZER BEM PARA A APRENDIZAGEM.

Exercícios

Apesar das atividades físicas serem bem importantes para quem estuda, aqui eu me refiro a responder questões. Agora que você já conhece a Técnica Check-up, você deve tirar vantagem disso. Resolva o máximo de questões relacionadas ao seu Check-up, pois as questões podem vir bem parecidas. Além disso, resolver exercícios ajuda a conhecer o estilo utilizado pela banca na hora de elaborar a prova.

Uma boa forma de fazer isso é pegando todas as provas antigas e resolver todas as questões. O problema é que elas já estão bem “manjadas” e é bem provável que você já tenha respondido grande parte delas. Por isso, a melhor forma de estudar sozinho para o Enem é respondendo questões inéditas.

Peça para um amigo ou para o seu professor elaborar questões para que você possa treinar, contrate um professor particular ou então compre um cursinho online como o Descomplica que tem uma grande quantidade de questões, por exemplo.

Na verdade, esse é um grande ponto diferencial do Descomplica em relação aos demais cursinhos. Como eles possuem um material muito rico em vídeo, o cursinho tem uma grande quantidade de questões. Eu não vou me alongar muito nesse tema, mas quem quiser conhecer o Descomplica, basta dar uma lida no artigo DESCOMPLICA É CONSIDERADO O MELHOR CURSINHO ENEM DO BRASIL.

Disciplina para estudar sozinho para o Enem

Talvez um dos elementos mais importantes para quem deseja estudar sozinho para o Enem. No começo pode ser um pouco difícil você ter disciplina para estudar em casa, pois você não está acostumado com esse tipo de rotina.

Apesar de tudo, estudar sozinho para o Enem na sua própria casa ou em algum lugar sossegado como uma biblioteca ainda pode ser a melhor opção para você, afinal de contas você poderá escolher seus horários e não vai depender do horário estipulado por um cursinho presencial, por exemplo. Além disso, você vai estudar a matéria que você julgar mais importante para aquele dia.

Se você não consegue ter disciplina para estudar em casa devido as distrações e agitos da sua casa, você pode seguir alguns passos que eu considero importante:

Como estudar em casa

  • Antes de qualquer coisa, quando você for definir os horários de estudos para o seu cronograma dê prioridade aos horários que você goste de estudar. Se você, por exemplo, gosta de estudar de noite, por que você vai acordar às 7 horas da manhã pra estudar? Não faz sentido;
  • Por outro lado, se você gosta de estudar de manhã tente dormir cedo para acordar disposto para os estudos. Nada de ir dormir às 3 da madrugada achando que realmente vai acordar 6 horas disposto para estudar;
  • Faça uma preparação para os estudos. Imagine que você realmente está indo para um cursinho. Ao acordar, tome um banho, um café bem reforçado e tire o pijama. Seu cérebro deve entender que você não quer passar o resto do dia dormindo;
  • Se possível, faça uma atividade física antes de começar a estudar. Ao fazermos exercícios, nosso corpo libera uma substância chamada endorfina, que afeta diretamente a sensação de bem-estar, relaxamento e combate o estresse e a ansiedade;
  • Explique para seus pais ou para as pessoas que morem com você que você precisa se concentrar e que precisa de no mínimo 1 hora para estudar e não pode ser pertubado, mas que após esse tempo você está disponível; e
  • A cada uma hora de estudo, dê uma relaxada no corpo e aproveite para ver se alguém precisa falar algo contigo. Depois de 15 minutos, avise novamente aos familiares que você está voltando aos estudos e que não pode ser perturbado por pelo menos mais 1 hora.

TEM MUITA DIFICULDADE EM MATEMÁTICA? RESOLVA ESSE PROBLEMA AQUI

Grupos de estudos

Sabe aquela frase famosa: “quem tem amigos, tem tudo” cabe perfeitamente aqui. Veja quais dos seus amigos também estão estudando para o Enem e tente formar grupos de estudos. Isso vai ajudar na disciplina, pois aumentará a cobrança entre um e outro.

grupo de estudos para enemEsse grupo de estudos não precisa se encontrar diariamente. Vocês podem montar um cronograma em comum para que vocês estudem a mesma matéria durante a semana, e aos finais de semana vocês se encontram para debater o que aprenderam, para tirar dúvidas, além de revisar o conteúdo. Às vezes, um amigo tem mais facilidade em matemática e outro em português, assim os dois podem ajudar um ao outro.

Vale ressaltar que esses grupos devem ser de estudos. Então fixem horários para estudar. Se for de acordo entre todos, marquem para estudar pelo menos 4 horas ao finais de semana, por exemplo, e após essas 4 horas estão livres para colocar a amizade em dia.

Cursinhos para o Enem

Estudar sozinho para o Enem é uma forma mais simples de dizer que você não estará indo para cursinhos presenciais, que muitas vezes é caro ou não tem professores bons. Se você quer estudar em casa, é altamente aconselhável que você tente, ao menos, fazer um cursinho online para conseguir seguir uma direção e conseguir ver toda a matéria do edital.

Caso você não esteja com uma boa condição financeira, você também pode se juntar com seu grupo de estudos e “racharem” um cursinho online. Basta dividir os horários para que todos possam assistir as aulas.

Apesar de ser fácil encontrar muito material na internet, às vezes até de graça, eu aconselho que você compre um curso que seja especializado em aprovar candidatos no Enem. Sabe aquela história de que o barato sai caro?! Pois é, de nada adianta passar 6 meses estudando para a prova com um material desatualizado ou de baixa qualidade. É seu futuro que está em jogo e qualquer estratégia mal planejada pode afetar diretamente o seu futuro.

Além disso, a maioria dos cursinhos online (pelo menos os bons) parcelam o valor do curso em muitas vezes. Sem falar que o valor do cursinho nem é tão alto assim se você for comparar a qualidade do material. Por exemplo, um cursinho para o Enem custa em média uns R$250 já um cursinho para concurso público custa em torno de 800 reais.

Descomplica vale a pena? É bom?

Apesar de já ter indicado aqui no site três cursinhos para Enem e pré-vestibular, na minha opinião o melhor é o Descomplica. Você pode perguntar para qualquer pessoa que já tenha estudado para o Enem por cursinhos online, acredito que pelo menos 90% conheça o Descomplica. Os fatores que me fizeram considerar o Descomplica como os melhor do Brasil é pela qualidade do material e pela quantidade de aprovados no Enem. Eu não vou comentar muito sobre o site, pois eu já escrevi um texto especial somente falando sobre o Descomplica, basta clicar aqui: DESCOMPLICA É CONSIDERADO O MELHOR CURSINHO ENEM DO BRASIL

Então é isso pessoal. Eu espero que vocês tenham gostado das dicas. Caso vocês tenham alguma dúvida, podem deixar um comentário aqui embaixo que eu respondo o mais rápido possível. Eu sei que vocês têm muitas dúvidas, então é só perguntar. Se quiserem deixar críticas e sugestões isso ajuda a entregar um material sempre com mais qualidade para vocês.

Relembre

Neste artigo você viu:

  • Como montar uma Estratégia para estudar sozinho para o Enem;
  • A Motivação é essencial para quem estuda só;
  • Separe um tempo somente para os estudos;
  • Monte um Plano de Estudos para estudar sozinho para o Enem
  • Aprendeu a utilizar a Técnica Check-Up;
  • Viu como deve ser seu Cantinho de Estudos;
  • A importância de resolver questões;
  • Ter Disciplina é o ponto de partida para tirar uma boa nota;
  • Monte grupos de estudos;
  • Os melhores cursinhos online para o Enem;
    DescomplicaEstratégiaEscola Iesde.