Concurso TRE-SP: passo a passo da aprovação

Muitos concurseiros de longa data estão migrando dos concursos do Poder Executivo para os concursos do Poder Judiciário, afinal de contas mesmo com a crise financeira enfrentada pelo país os concursos dos Tribunais estão ocorrendo normalmente e sempre chamando candidatos aprovados além do número de vagas. Talvez por isso, o concurso TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo) é um dos mais esperados por grande parte dos concurseiros de todos país.

Por ser um concurso muito concorrido e difícil, eu escrevi esse artigo com as muitas dicas, materiais gratuitos para o TRE-SP e muitas informações sobre os cargos.

Concurso TRE-SP: passo a passo da aprovação

Este artigo de hoje foi feito após uma análise minuciosa do edital, dos concursos passados e da própria carreira em questão. Com toda certeza, esse artigo trará as informações mais importantes para que você consiga estudar e ser aprovado. Os pontos chave mais importantes serão:

  • O que é e como funciona o TRE-SP?
  • O edital do TRE-SP
  • Qual cargo escolher: Analista ou Técnico judiciário?
  • Fazendo um plano de estudos para o TRE-SP
  • Como estudar para o TRE-SP
  • Material gratuito para o TRE-SP
  • Cursinho online ou presencial?

O que é e como funciona o TRE-SP?

o que é o tre sp

Como já foi dito acima, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo faz parte do Poder Judiciário estadual e cabe a ele o gerenciamento das eleições dos respectivos estados. Com isso, cabe ao TRE-SP controlar e fiscalizar o processo eleitoral de todo o estado de São Paulo.

Vale lembrar que é a própria Constituição Federal, no seu artigo 120, quem determina a necessidade de se ter um TRE em cada estado brasileiro : “haverá um Tribunal Regional Eleitoral na capital de cada estado e no Distrito Federal.

O edital do TRE-SP

O edital do TRE-SP foi lançado no dia 30 de agosto com cargos de nível médio, superior qualquer área e superior bacharel em Direito. O concurso será composto por provas objetivas e discursivas que serão realizadas no dia 12 de fevereiro de 2017. As vagas para o Concurso TRE-SP são para os seguintes cargos:

  • Analista Judiciário Área Administrativa;
  • Analista Judiciário Área Judiciária; e
  • Técnico Judiciário Área Administrativa.

A remuneração inicial é de R$6.774,52 para o cargo de Técnico Judicial (nível médio) e de R$ 10.548,52 para o cargo de Analista Judiciário (nível superio). Esses valores são sem os benefícios como auxílio alimentação.

Qual cargo escolher: Analista ou Técnico judiciário?

analista ou tecnico do tre sp

Se você está em dúvida sobre qual cargo escolher, o edital pode ser a melhor opção para sanar qualquer dúvida. Entre as opções de nível médio e superior, você deverá escolher o cargo de acordo com o requisto exigido para tal como pode ser visto abaixo:

Analista Judiciário – Área Judiciária

Atribuições: executar atividades de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

Requisito: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito.

Analista Judiciário – Área Administrativa

Atribuições: executar atividades de nível superior relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, orçamentários e financeiros, controle interno, materiais e patrimoniais, bem como as de desenvolvimento organizacional.

Requisito: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Análise de Sistemas

Atribuições: realizar atividades relacionadas com implantação, desenvolvimento e manutenção dos sistemas informatizados.

Requisito: Diploma de conclusão de curso de nível superior na área de informática.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Assistência Social

Atribuições: executar atividades relacionadas com a assistência social.

Requisito: Diploma de conclusão de curso de nível superior em Assistência Social.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Contabilidade

Atribuições: executar atividades relacionadas com análise contábil e auditoria.

Requisito: Diploma de conclusão de curso superior em Ciências Contábeis.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Geral)

Atribuições: realizar atividades relacionadas com a assistência médica preventiva e curativa, conforme a especialidade médica.

Requisito: Diploma ou Certificado do Curso Superior de Medicina e 2 anos de experiência comprovada em Clínica Médica.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Psicologia

Atribuições: realizar atividades relacionadas com a assistência psicológica nos diversos ramos da psicologia.

Escolaridade: Diploma de conclusão de curso superior em Psicologia.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Relações Públicas

Atribuições: realizar atividades relacionadas à comunicação institucional, programação, organização e execução de eventos, solenidades e comemorações oficiais.

Requisito: Diploma de conclusão de curso superior em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas.

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de controle interno, recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, além do desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Requisito: Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2° grau) ou curso técnico equivalente.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Artes Gráficas

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com a produção gráfica de documentos.

Requisito: Certificado de conclusão de ensino médio em conjunto com certificado de habilitação em curso técnico em artes gráficas, com no mínimo 200 horas-aula e experiência profissional de no mínimo 2 anos em impressão Off-set e impressão digital.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com os serviços de enfermagem.

Requisitos: Certificado de conclusão de Curso de ensino médio e curso técnico de enfermagem. Caso você vá fazer a prova para esse cargo, eu aconselho que dê uma lida no artigo: COMO SER APROVADO EM CONCURSOS DE ENFERMAGEM.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Operação de Computadores

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com operação e manutenção de equipamentos de informática.

Escolaridade: Certificado de conclusão de ensino médio em conjunto com certificado de habilitação em cursos de operação de computadores, com carga horária total de, no mínimo, 120 horas­/aula.

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Programação de Sistemas

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com a programação de sistemas informatizados.

Escolaridade: Certificado de conclusão de ensino médio em conjunto com certificado de habilitação em cursos de programação de sistemas, com carga horária total de, no mínimo, 120 horas­/aula.

Fazendo um plano de estudos para o TRE-SP

ciclo-de-estudos-tre-sp

Um dos passos mais importantes para quem vai fazer essa prova do concurso TRE-SP é montar um plano de estudos que se adeque melhor ao seu horário disponível. Pensando nisso, eu montei um plano de estudos baseado no ciclo de estudos do professor Alexandre Meirelles.

Quem quiser fazer o download gratuito basta acessar o artigo CICLO DE ESTUDOS PARA O CONCURSO TRE-SP. Lá você também pode conferir um vídeo onde explico praticamente tudo sobre como estudar pelo ciclo de estudos, além de dar dicas sobre como fazer revisões do ciclo.

Como estudar para o TRE-SP

O primeiro passo para estudar para o concurso TRE-SP é dar uma boa lida no edital e decidir qual cargo deseja concorrer a uma vaga. Depois disso, basta ver atentamente quais são as matérias que vão cair no cargo que você escolheu e montar o ciclo de estudos como na dica que eu dei acima.

As matérias base para qualquer cargo são:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Regimento Interno do TRE-SP
  • Regimento Jurídico Único do TRE-SP
  • Conhecimentos específicos: Direito Constitucional, Direito Administrativo, e claro que Direito Eleitoral.

Material gratuito para o TRE-SP

Se você ainda está em dúvida sobre qual cursinho adquirir um bom material que te faça ser aprovado nesse concurso TRE-SP, eu vou ensinar como baixar um material de teste gratuito no site do Estratégia. A escolha pelo Estratégia é bem simples: foi o único cursinho no qual eu estudei e consegui aprovações em concursos.

Para começar a baixar o material de teste, acesse o site do ESTRATÉGIA e escolha o curso para o cargo pretendido, como na foto abaixo:

material gratuito tre sp

Após escolher o cargo pretendido, você será redirecionado à página de vendas do curso. Lá você terá a opção de baixar um material gratuito para teste. É bem simples, basta escolher o PDF e as videoaulas que interessar e fazer o download.

Todas as vezes que eu vou comprar algum curso eu gosto de “experimentar” antes de fazer o pagamento e talvez por isso que essa política do Estratégia Concursos me agrade tanto. Além disso, fazendo uma pesquisa lá no site você pode ver que tem cursos sendo vendidos por valores praticamente “insignificantes” como 30 reais.

Estudar por cursinho online ou presencial para o TRE-SP?

cursinho-presencial

Essa é uma dúvida que muitos concurseiros me enviaram por e-mail perguntando qual é a melhor forma de estudar para o concurso TRE-SP. É um pouco difícil de falar sobre qual a melhor forma de estudar, pois cada pessoa tem suas manias e costumes.

Não adianta eu falar para você que estudar por cursinhos online é melhor se você não consegue se concentrar nos estudos quando tá em casa. Também não adianta eu falar que cursinho presencial é melhor se você for perder mais tempo se locomovendo de casa/trabalho para o cursinho.

Mesmo assim, eu sempre costumo dizer que não tem lugar melhor para estudar do que em casa ou na biblioteca. Eu já fiz vários cursinhos presenciais aqui de Brasília e também já fiz cursinhos online e, para mim, cursinho presencial é perda de tempo e dinheiro.

Antes que você comece a me julgar por estar falando isso Keep Calm e entenda. Todos os cursinhos presenciais que eu fiz eram uma desorganização total tipo: professores não iam e os alunos não eram avisados, aulas terminavam mais cedo, sempre trocavam os professores na metade de um curso. Já os fatores externos: transporte público demorava a passar, ir de carro saía muito caro, chuva, trânsito etc.

Com cursinho online eu tive um único problema em relação ao valor, mas foi resolvida em 2 dias e o meu dinheiro foi depositado na minha conta sem nenhum problema.

Sinceramente, em plena era digital eu não consigo ver vantagem em fazer cursinho presencial quando nós temos grandes empresas que são líderes no mercado digital e que sabem valorizar um concurseiro.

Como eu disse acima, para esse concurso TRE-SP, eu indicaria 3 cursinhos online que são os melhores na minha opinião: Damásio, LFG e o Estratégia Concursos (que inclusive está com promoção no site).

curso-tre-sp

Avalie este artigo!
  • Miguel Nazaré

    Se eu não passar nesse concurso TRE-SP eu desisto de estudar.. .já venho estudando há muito tempo e tenho a certeza de que estou preparado. Sem falar que minha área nem é muito concorrida. Agora vou começar a utilizar esse ciclo de estudos que você ensina e vou ficar fazendo muitos exercícios. Sabe me dizer se algum cursinho online terá aulas só de exercícios pro TRE SP? Abraços

  • Yasmin

    Comprei esse cursinho do Estratégia pro concurso do TRE/SP… eu não conhecia esse cursinho online. Eu estudava pelo grancursos. To amando esse curso do Estratégia… os professores são muito didáticos e sem falar que tem muitos exercícios pra resolver… valeu meu anjo

  • Marina

    Vou fazer esse concurso do TRE-SP e seguir esse passo a passo da aprovação. Espero que dê certo

  • Raul Akira Hori

    Casa do Concurseiro é bom?

    • Concurseiro da Madrugada

      Raul, a primeira coisa que temos de considerar é a área de atuação do cursinho. Por exemplo, o curso do Damásio sempre têm muitos aprovados em carreiras policiais e Magistratura. O Estratégia é bastante conhecido por também aprovar grande parte dos concurseiros policiais e dos Tribunais, como o TRE-SP. Já a Casa do Concurseiro é um cursinho bem específico de Carreiras Bancários e INSS…

      Eu acredito que escolher o curso por causa do valor ou de algum outro motivo que não seja sua área específica de atuação é praticamente dar um tiro no pé, pois os professores não estão preparados para aquele tipo de prova.

      E por coincidência, eu escrevi um texto tem uns 20 minutos falando exatamente sobre qual o melhor curso para o TRE-SP. Dá uma olhada: http://www.concurseirosdamadrugada.com.br/curso-para-o-tre-sp-2016-qual-e-o-melhor/

      • Raul Akira Hori

        Prezado, eu estou estudando pela Casa do concursei no curso do TRE-Brasil e estou achando muito bom as vídeos-aulas o que pode pecar um pouco é o PDF mas em questão de Aula a casa está de nota 10. Eu também tenho do estratégia mas só uso os PDF’s que é disparado um dos melhores.

        Eu estava lendo sobre a sua matéria e me identifiquei muito pois eu enchi tanto o saco da minha tia para pagar um curso presencial que eu estou odiando e me arrependo demais mas coisas que acontecem.

        E parabéns pelo site é muito bom mesmo!!!

    • Vinicius Ferrari

      Gosto de vários artigos publicados nesse site, porém discordo totalmente deste. Fui aprovado no TRT e estudei através de cursos presenciais e acredito que tem muitas vantagens.
      O máterial do estratégia é bom, porém acho muito cansativo ficar lendo durante um longo período de tempo na tela do computador. E, para imprimir o material, é complicado, pois apenas uma aula de uma matéria tem mais de 100 páginas, muitas vezes, se for imprimir de todas são mais de 10 mil páginas!!!
      Além disso, quando estudei pelo estratégia, dependendo do concurso é impossível ler todo o material de todas matérias. Tentei para o TRT e não consegui nem a metade, mesmo sem trabalhar e estudando uma média de 6 a 7 horas por dia!
      Agora sobre as vantagens.
      Quando estudei para o TRT, ia para o curso a pé, pois morava no centro da cidade e de minha cidade até o curso dava 10 minutos a pé.
      O curso presencial é bem menos cansativo que ficar lendo na tela de um computador e dá para focar a atenção por bem mais tempo.
      Em relação às duvidas, o que vc diz que é uma desvantagem, eu acredito ser uma vantagem. No curso presencial, se pode tirar as dúvidas diretamente com o professor. Quanto a outros alunos atrapalharem com as dúvidas, acredito que é exatamente o contrário. Na Casa do Concurseiro, quem estuda para tribunais são concurseiros experientes, na sua maioria e as dúvidas dos alunos, muitas vezes, são exatemente a questão da prova. Isso aconteceu comigo quando estudei lá. Claro, se vc estudar num curso de fundo de quintal, aí pode ser que tenha uns sem-noção que não sabem nem o que estão fazendo num curso preparatório e isso pode prejudicar o andamento da aula, porém, os melhores cursos preparatórios geralmente tem os melhores alunos também.
      Finalmente, quanto a troca de professores, ou professores faltarem, posso dizer que na Casa do Concurseiro isso nunca aconteceu enquanto estava lá. Quando, eventualmente, havia uma mudança na grade de horário, isso era avisado com antecedência.
      Então, para quem tem a possibilidade de estudar num curso presencial, eu aconselho. Desde que sua cidade tenha um curso preparatório bom. Atualmente, na cidade onde resido, não há um curso forte, porém, para quem mora nas capitais, estudar em cursos presenciais pode ter muitas vantagens.

      • Concurseiro da Madrugada

        Olá, Vinicius. Primeiro quero agradecer por acompanhar os artigos publicados aqui no site.
        Recentemente tenho escutado muita gente falando bem da Casa do Concurseiro, que de fato é um grande cursinho tanto presencial quanto online. Onde moro também tem grandes cursinhos e de renome nacional, mas que acontece tudo isso que descrevi no texto. E como eu disse, o texto foi baseado na minha experiência e de outros colegas em relação a esses cursinhos.
        Por isso eu até agradeço pelo seu comentário, pois assim as pessoas ficam sabendo de outros lugares onde vale a pena investir para estudar.