Descubra como Funciona o Cadastro Reserva em Concurso Público

Ao sair o edital, você se deparou com o termo Cadastro Reserva em Concurso mas não sabe o que significa? Embora a nomenclatura possa dar uma ideia do que seja, muitos candidatos se questionam sobre o termo. 

A princípio, este termo é encontrado em diversos concursos pelo país. Portanto, é algo comum de se ver mas não para todos. Por isso, neste artigo nós vamos te ajudar a compreender do que se trata e o que deve ser feito neste caso.

O que é o Cadastro Reserva em Concurso?

O cadastro reserva não é uma exigência para todos, mas sim, para aqueles que desejam entrar para a fila de espera. Ou seja, se você não for aprovado de primeira, ao entrar na fila de espera você pode garantir uma vaga. Inclusive, as chances de que você seja nomeado através do cadastro são muitas. 

O Cadastro Reserva em Concurso foi criado para a ocupação necessária de vagas. No caso de desistência, aposentadoria, exoneração ou morte de algum servidor o candidato inscrito pode se chamado para a vaga. Assim sendo, essa é uma das primeiras coisas que o concurseiro deve providenciar. 

Como é o funcionamento do cadastro reserva?

Mesmo que possa parecer algo simples e vantajoso, existem algumas dúvidas acerca do Cadastro Reserva em Concurso. Em resumo, os candidatos sempre desejam compreender como funciona quando o período da inscrição expira. Neste caso, a questão sobre a possibilidade de ser ou não nomeado é incerta. 

Sobretudo, não existe uma lei definida em relação às regras e preceitos do cadastro. As únicas propostas são a PEC 483/2010, que proíbe editais exclusivos para cadastro em reserva. Em seguida, a PEC 29/2016 que proíbe a abertura de um novo edital se ainda houver candidatos aprovados e dentro do prazo de validação. De acordo com o STJ, os aprovados no cadastro, terão a chance de ser nomeados dentro da validade do concurso.

Portanto, se o concurso realizado tiver a duração de dois ou três anos, esse será o período válido para que o candidato seja nomeado. Em resumo, ao passar o período de validez, será necessário realizar uma nova seleção.

Por que se inscrever no cadastro vale a pena?

Se você está estudando muito e sabe que tem chances de ser aprovado, por que não fazer o Cadastro Reserva em Concurso? Com ele, se você não for aprovado de primeira, pode ser chamado para trabalhar em outro momento. 

Muitos concurseiros acham que ao preencher todas as vagas, o concurso não disponibiliza mais vagas. Por isso, o cadastro existe para provar que não é bem isso que acontece. Inclusive, há muitas chances de um candidato inscrito ser chamado para a nomeação. 

Acreditamos que não custa nada tentar, afinal, grande parte dos candidatos levam os concursos como pequenos testes. No fim, eles sabem que a nomeação quase nunca vem de imediato. Por isso, se você estiver planejando fazer outro concurso e for convocado, poderá descartar a qualquer momento a participação em outra seleção. 

Em suma, agora que você já sabe o que é e para o que serve o Cadastro Reserva em Concurso, fique à vontade para realizar ou não o cadastro. No mais, ótimos estudos e boa sorte! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo