Como fazer mapas mentais! Dicas simples e práticas para aprender

Tempo de leitura: 4 minutos

Aprender como fazer mapas mentais durante seus estudos pode refletir sua nota na hora da prova. Afinal de contas, seu cérebro adora fazer associações e conexões para facilitar o aprendizado, e isso já está mais do que comprovado pela ciência.

Para muitos, fazer um mapa mental é um bicho de sete cabeças. Seja por não saber desenhar ou por não saber organizar suas ideias. Mas pensa bem: se você não consegue colocar em um papel algo que você acabou de estudar, será mesmo que você aprendeu????

Por isso, fazer mapas mentais é muito mais do que sair rabiscando uma folha de papel A4, fazer um mapa é mostrar a si mesmo que você aprendeu aquilo que acabou de estudar.

Mas o que é um Mapa Mental?

O mapa mental é um diagrama criado como forma de auxiliar o processo de memorização sobre determinado tema. Fazer um Mapa é como fazer resumos, porém se utilizando de técnica e formas de criação mais detalhadas.

Além disso, essa criação auxilia o desenvolvimento da criatividade e do aprendizado. Aí está a necessidade de que você faça seus próprios Mapas em vez de pegá-los prontos na internet.

Vamos supôr que você tenha estudado Redação Oficial neste momento. Então seria importante fazer um mapa mental relacionado ao uso dos Pronomes de Tratamento e Vocativos, por exemplo.

Um Mapa Mental bem feito não é aquele que será visto como uma obra de arte. Claro que o mapa deve ser bem organizado e estruturado, mas o mais importante é que você consiga associar aquilo que acabou de estudar com o que acabou de desenhar.

como fazer mapas mentais
#PraCegoVer: desenho de mapa mental sobre Leis Orçamentárias

Como fazer Mapas Mentais

Exatamente por causa dos motivos destacados acima é importante aprender como fazer Mapas Mentais você mesmo. Então vamos botar a mão na massa (digo, no lápis) e vamos aprender como fazer Mapas Mentais.

Faça você mesmo

O mais importante é que você mesmo faça, tente desenvolver seu lado criativo. Se você fizer, as chances de se lembrar serão muito maiores do que se você simplesmente baixar na net. Então, nada de pegar mapas prontos (apesar de que às vezes ajuda… rs)

Colhendo informações

De onde devo tirar as informações? Você pode retirar as informações do seu próprio material de estudo. Seja seu livro, videoaulas ou apostilas.

Abuse da criatividade

Outro ponto importante é você colorir seu mapa. Nosso cérebro tem o costume de associar e captar melhor aquilo que é colorido. Ah, também vale fazer desenhos. Lembre-se: “Uma imagem vale mais que mil palavras”.

Descubra o foco do Mapa

Você deve achar o ponto da chave da parte estudada. Ou seja, aquilo que ligará todas as demais partes a ele.

Vamos supor que você queira fazer um mapa de Direito Penal com foco nas Infrações Penais, por exemplo: Seu ponto chave poderá ser a Contravenção Penal e dele você ligará pontos secundários como Jogo do Bicho, embriaguez, mendicância etc.

Menos é mais

Uma última dica sobre como fazer mapas mentais. Tente não deixar seu mapa muito extenso. Do contrário, você vai perder muito tempo fazendo, e as chances de se lembrar de tudo serão mínimas.

Seu mapa mental deve ser conciso e ter somente aquela parte onde você sentiu mais dificuldade ao estudar e sabe que não vai se lembrar se não tiver um resumo. Aquilo que você sabe que não vai esquecer não precisa colocar no papel.

Ah, só pra finalizar, eu vou criar um cantinho aqui no nosso blog para você poder enviar seus mapas pra galera poder ver, curtir e compartilhar. Então deixe seu comentário abaixo que eu entro em contato para que você me envie.

FAQs: Sobre como montar um Mapa Mental

O que é mapa mental?

É um diagrama criado como forma de auxiliar o processo de memorização sobre determinado tema.

Como fazer mapas mentais?

O mapa deve ser organizado e bem estruturado, de forma que você consiga associar o que estudou.

Como fazer mapas mentais no word?

A melhor das opções é utilizando as opções de arte para fazer mapas mentais no word.

Como fazer mapas mentais online?

Utilizando sites que são verdadeiras ferramentas de criação e inspiração como o Pinterest.

Valeu e até o próximo artigo. Um abraço do Concurseiro da Madrugada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.