Ritalina para Estudar | Será Que Vale a Pena o Risco?

Tempo de leitura: 9 minutos

Aprender como tomar Ritalina para estudar é um dos termos mais buscados no Google. Ainda me arrisco a dizer que você também chegou até aqui fazendo uma rápida busca, não foi?!

Independente da forma como você chegou até aqui, o importante é que hoje você vai conhecer um pouco mais sobre esse remédio, como ele funciona e se realmente vale a pena o risco. Sim, existem alguns riscos. Conheça mais.

O que é a Ritalina?

Antes de qualquer coisa, acredito que devemos falar sobre o que é a ritalina. Esse remédio para estudar, na verdade, é uma droga conhecida há bastante tempo. Mas se tornou mais popular nessa onda de concursos com provas difíceis e na necessidade de se encontrar algo para manter o foco durante horas e horas.

Eu usei a Ritalina 10mg para estudar, mas também utilizei outros métodos alternativos mais confiáveis, como técnicas de memorização. Após ler esse artigo até o final você vai ter o poder de decidir o que é melhor para você: Remédios ou Técnicas avanços de estudos.

História da ritalina

O produto, que hoje é tarja preta, foi desenvolvido em meados da década de 50, e o seu objetivo era um só: Tratar crianças com quadros graves de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade ou chamado de TDAH.

O metilfenidato, princípio ativo da Ritalina, potencializa a ação dos neurotransmissores noradrenalina e dopamina, reduzindo o que é clinicamente chamado de déficit de atenção, o DAH. Desta forma, o indivíduo que é hiperativo se torna mais atento e concentrado.

Como tomar Ritalina para estudar

Exatamente por causa desse efeito de manter a atenção e a concentração, os concurseiros começaram a usar o medicamento em busca de bons resultados durante os estudos. Como a ritalina 10mg é tarja-preta, ela só pode ser vendida por prescrição médica.

E exatamente aí mora um perigo muito maior do que seu uso – que é a sua compra. Muitas pessoas compram a Ritalina no mercado paralelo. Mas como saber se o produto vendido no mercado negro realmente é a Ritalina comprada nas farmácias?? Pois é, não tem como saber.

Na verdade, mesmo que você saiba a origem confiável da droga, o simples uso da Ritalina para estudar para concurso de forma indiscriminada por pessoas que não têm TDAH pode trazer sérios riscos à saúde.

Sem falar que o risco existe até para as pessoas que tem Deficit de atenção, por isso é necessário um acompanhamento médico. Então, nem sempre a Ritalina ajuda nos estudos.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo psicólogo Antonio José dos Santos fazem parte dos sintomas do uso indiscriminado da Ritalina: tonturas, vômitos, dores de cabeça, náuseas, sonolência e, em alguns casos, uma desorientação temporal e espacial chamada de “efeito zumbi”.

tdah

Efeitos colaterais da Ritalina:

  • Taquicardia;
  • dores no peito;
  • perda de libido;
  • Insônia; e
  • Depressão.

 Afinal, Ritalina para estudar ajuda?

Não há nenhum médico que aconselhe concurseiros a utilizarem a ritalina sem que antes seja feita uma avaliação no paciente e seja constatado que realmente precise tomar o medicamento.

Afinal de contas, ainda não se sabe ao certo o que esse tipo de droga é capaz de causar em pessoas “saudáveis”. Na internet existem milhares de relatos de quem tomou Ritalina por conta própria e que passaram mal. Veja abaixo.

Ritalina depoimentos

Inclusive, pessoas que tem acompanhamento são observadas de perto pelo médico, pois a Ritalina pode causar vários efeitos colaterais, como vimos acima e como podemos ver na imagem abaixo:

relato uso de ritalina

Existem benefícios da Ritalina para estudar?

Sem dúvidas, o uso da Ritalina é bom para estudar, porém é necessário um acompanhamento médico sério. Do contrário, o próprio médico passará uma alternativa a Ritalina para o paciente. Portanto, se você está atrás de saber como usar Ritalina para estudar é melhor procurar um médico.

Existe outra alternativa a Ritalina para concentração. Na verdade, são várias. O uso da ritalina para estudar sem que haja um acompanhamento médico pode trazer sérios riscos a saúde. Por isso, prefiro indicar técnicas avançadas de concentração e memorização. Estou falando de um e-book que é bastante conhecido e pode ajudar você nessa caminhada – assim como me ajudou.

O transtorno do déficit de atenção com hiperatividade

o objetivo do livro VENCER COM TDAH é simples:

  • Explicar o que é o TDAH e suas formas;
  • Mostrar que os sintomas podem continuar mesmo após a pessoa se tornar um adulto;
  • Como o transtorno pode afetar o comportamento da pessoa nos estudos, no trabalho e nos relacionamentos sociais e amorosos;
  • como proceder com relação ao diagnóstico e ao tratamento;
  • como superar o TDAH através de estratégias, técnicas e atividades.

No e-book você tem acesso a um teste e um questionário que pode ser feito afim de averiguar os sintomas. Com isto, você pode procurar um profissional da área de saúde mental para possível diagnóstico.

PS: Vale lembrar que para usar o livro não é necessário um diagnóstico.

Dessa forma, o fator positivo é que diferente de usar a Ritalina para estudar, o ebook VENVER COM TDAH vai ajudar você a combater a causa do seu problema e não o efeito. Amigo leitor, não adianta remédio paliativo, a resolução do problema está em encontrar a verdadeira “causa” que o gerou e acabar com ele de vez.

[mks_button size=”large” title=”APRENDA A TER 100% DE CONCENTRAÇÃO NOS ESTUDOS” style=”squared” url=”https://go.hotmart.com/I7360059J” target=”_blank” bg_color=”#1e73be” txt_color=”#FFFFFF” icon=”fa-thumbs-up” icon_type=”fa” nofollow=”1″]

O livro Vencer com TDAH foi escrito por Socorro Bernardes, que é:

  • Psicanalista
  • Especialista em Transtornos de aprendizagens (TDAH, Autismo, Síndrome de Down e Dislexia)
  • Psicopedagoga
  • Palestrante

Os relatos das pessoas que obtiveram sucesso após ler o livro, inclusive concurseiros, nos mostra que é possível não só vencer com TDAH, mas também vencer o próprio transtorno.

Opti-Memory é uma boa alternativa?

Deixando de lado a ritalina usada no mercado negro, temos os famosos suplementos alimentares. Essa diferença entre os produtos se dá pelo fato do Opti-Memory ser 100% natural. Dessa forma, é feito com vitaminas e outros elementos como a betaína e colina, retiradas da beterraba e do ovo de galinha.

De acordo com o fabricante, essas substâncias formam um tripé composto pela memória, foco e concentração.

O SUPLEMENTO FUNCIONA?

vencer com tdahVários concurseiros estavam me mandando inúmeros e-mails todos os dias perguntando se o Opti-Memory funcionava mesmo ou se era uma farsa então resolvi editar esse artigo e explicar de uma vez.

A quantidade de pessoas na internet que utilizam o produto e dizem que funciona é enorme, mas as que dizem não funcionar também é grande.

A primeira coisa a saber: nenhum suplemento vai fazer você ficar mais inteligente sem que você faça a sua parte. Não adianta tomar remédio para estudar. O que o suplemento promete fazer é melhorar sua capacidade de concentração, memória e foco.

Como tenho o pé-atrás para essas coisas resolvi estudar mais sobre o assunto e fazer pesquisas mais aprofundadas (que estarão no final do artigo). E para entender melhor sobre o Opti-Memory, devemos saber do que ele é feito.

Qual a composição do Opti-Memory

Como dito anteriormente o suplemento tem em sua composição produtos 100% naturais. Entre esses elementos estão:

  • Vitamina – A, C,D,B1, E, K
  • Betaína – é a responsável por regular a transmissão de informações entre os neurônios. Além disso, estimula o funcionamento mais eficaz das funções cerebrais. Está presente na beterraba.
  • Colina – Auxilia na produção de bainha de mielina, responsável pela proteção dos neurônios. Está presente no ovo.
  • Potássio – A ausência de potássio pode levar a depressão, arritmia cardíaca, cansaço e cãimbras. Presente em frutas, frutos e legumes.
  • Magnésio – É um dos elementos mais importantes para o corpo humano. Aumenta a capacidade de memória e de aprendizagem rápida. Presente no espinafre, semente de abóbora, couve e salmão.
  • Biotina – O elemento que você precisa para um foco total, pois é a molécula especializada no transporte de CO2. Está nos mariscos, sojas, vegetais e nozes.

Então o opti-memory funciona?

A resposta é: depende! Existe essa grande quantidade de pessoas que diz que o suplemento funciona. Mas outra grande quantidade que diz que Opti não funciona.

Então, pelo fato do produto ser natural, cada organismo reage de uma forma. Há anos esses produtos, como vitaminas, betaína, colina etc são estudados para entender sua reação no corpo humano.

Mas, as reações positivas podem ser adversas. Apesar de não haver contraindicações, você poderá jogar um bom dinheiro fora tomando o produto sem que faça efeito. Cada frasco sai no valor de R$89,99. Um preço, que na minha opinião, é salgado. Além disso, só é vendido no site do fabricante.

É bom lembrar também que os efeitos não são imediatos, pois não há milagre. Dependendo do organismo, logo na primeira semana você pode começar a perceber a uma pequena diferença.

Tenho um convite para você!

Se você gostou do artigo sobre o uso da Ritalina para estudar com as dicas e as informações, quero lhe convidar para deixar um comentário aqui embaixo.

Prometo ler todas as suas dúvidas, críticas ou sugestões sobre o que publicamos.

Isso nos ajuda a melhorar nossos artigos e trazer conteúdo sempre com mais qualidade. Se você já utilizou ritalina para estudar é muito interessante que compartilhe com as outras pessoas quais efeitos a droga teve sobre você.

[mks_button size=”large” title=”COMPRE AGORA O LIVRO QUE TE ENSINA A SE CONCENTRAR” style=”squared” url=”https://go.hotmart.com/I7360059J” target=”_blank” bg_color=”#1e73be” txt_color=”#FFFFFF” icon=”fa-thumbs-up” icon_type=”fa” nofollow=”1″]

PS: Você pode conferir a bula aqui.

28 Comentários


    1. Boa tarde, não sou vendedor tenho uma caixa sobrando e comprovou a originalidade, whatsapp 11-963594185.

      Responder

  1. Cara tu fala muita merda.
    1° Ritalina não causa dependência;
    2° Option é uma farsa não cumpre o que promete varios amigos da faculdade usaram, e eu tambem, sei o que falo.
    3° Ritalina só vai ter colaterais se e somente se ultrapassar a dosagem indicada para cada organismo.

    Lembro que a ritalina ainda apenas fará efeitos em quem tem TDAH. Se o personagem for ora saudavel, de nada adiantara gastar dinheiro com isso pois não fará efeito algum, se é saudavel não invente achando que vai ficar mais inteligente, vai é se foder mais.

    Malhar suplementar ter vida social, ter um dia cansativo isso ai sim ajuda as pessoas, agora se foi diagnosticado TDAH e tem que tomar tome, não vem aqui ler artigos lixos.

    Outra coisa Ritalina em sua formula de 20mg não existe Normal, é tudo LA. ou seja ação prolongada e é bem mais cara, chegando a custar 254,00 nas principais farmacias, a de 10mg encontra-se por 34,00. E o SUS não fornece nem o estado, para adquirir de graça tem que mover ação judicial.

    Sou usuário de ritalina.

    Responder

  2. pessoal… meu filho tem 4 anos e meio.. e ja toma ritalina devido a hiperatividade que foi dignosticada pela neuro dele.
    Só não perguntei pra ela se eu posso dar este remedio em horarios aleatorios, devido ao fato de que ele faz outras atividades durante o dia e o efetio da ritalina énão dura o dia todo. Vcs sabem se isso daria errado?

    Responder

    1. Bruna depende da ritalina que tu comprou. meu medico me disse:
      Ritalina LA tem efeito deposito, pode tomar dia sim dia não.
      ps: eu tomo apenas dias de programação intensa que eu preciso forçar a mente.

      ritalina 10mg normal efeito dura 4 horas.
      ritalina 20mg LA dura 8 horas.

      confirmado isso, agora se tem efeito deposito ou não ainda não percebi, depende de qual você comprou para seu filho.

      Responder

  3. Você que escreveu esse artigo é um babaca ! Sou portador de TDAH misto severo e de dislexia , uso a ritalina prescrita por um profissional e ainda por cima supero meu próprio limite estudando pra concurso onde muitas vezes faço isso sem utilizar a Ritalina ! Sabe o que ta aconfecendo com a ritalina? Cada vez mais ela está escassa do mercado por causa de pessoas que utilizam pra ter vantagens sob as outras o que acaba por prejudicar pessoas que realmente precisam dela. Sei que esse meu texto não vai resolver todo o problema do mundo mas mesmo assim quero deixar minha revolta .

    Responder

    1. Não entendi seu comentário. O que eu falo no texto é exatamente que pessoas que não tenham TDAH não deveriam tomar este medicamente, ainda mais sem prescrição.

      Responder

  4. Acho lamentável o modo como é buscado soluções mágicas num comprimido. A ritalina ajuda no fator concentração. É uma ajuda, um estímulo a quem precisa. Junto com o tratamento é necessário esforço com técnicas de estudo, técnicas de memorização, etc. Ritalina não é um remédio para combater a preguiça!

    Responder

    1. exatamente, apenas para quem tem a TDAH. se o gajo é preguiçoso ai não tem conversa, só coro de mãe resolve. ou não.

      Responder

  5. Em primeiro lugar, se você não comprou numa farmácia, a chance de que ela seja falsificada é de mais de 90%. Em segundo, todo medicamento deve ser utilizado com orientação e acompanhamento médico. Terceiro, não existe remédio que deixe a pessoa mais inteligente simplesmente porque não é possível ficar mais inteligente do que a sua própria capacidade cerebral.

    Eu tomo Ritalina (20 mg de manhã e 10 a tarde) todos os dias da semana (exceto sábado e domingo) e afirmo que pra mim dá certo. Porquê pra mim dá certo e para o autor do blog não deu? Porque eu uso sob orientação de um psiquiatra, e este remédio me ajuda a concentrar nas minhas tarefas diárias (por isso uso no horário que estou trabalhando).

    Quanto a pagar 120 reais por alguns comprimidos, quem faz isso só assina o atestado de burrice, porque a caixa de Ritalina com 60 comprimidos custa em torno de 70 reais. Se a pessoa quer ficar mais “inteligente”, é melhor aprender técnicas de estudo e memorização, estar descansado quando for estudar e estar em ambiente adequado.

    Responder

  6. Ola vendo inibidores de apetite ANFEPRAMONA,SIBUTRAMINA E FEMPROPOREX quem tiver intereçe por favor me chama ibox.ou no watts.
    11964958195

    Responder

  7. Pessoal , eu desde pequeno era imperativo e muito agitado , eu terminei meu ensino médio e sempre me esforçava para tirar nota boa , passei sem problemas pelo período na escola.
    Certo dia eu fui fazer um concurso militar , estudei muito , e chegou na hora da prova eu desfoquei totalmente , não conseguia desenvolver as questões e fiquei muito chateado com isso . Na semana seguinte da prova fui com minha mãe em um neorologista , e ele fez uns testes comigo e falou que eu tinha um grau pequeno de falta de atenção . Com isso ele me receitou a RITALINA 10mg, eu tomo 3 vezes ao dia e minha vida mudou totalmente . estou muito mais concentrado , resolvo as questões muito mais rápido , parece que trocou o processador do meu cérebro . mas esse remedio não me deixou mais inteligente , eu só fiquei mais concentrado nas coisas que eu faço e com isso absorvo bem melhor oque antes eu não fazia com tanta facilidade. No começo eu senti uns efeitos colaterais mais depois o organismo foi acostumando e agora fica tudo normal . e é sempre bom ir no Medico antes de tomar esse tipo de remedio , pois ele tem muitos efeitos colaterais que podem levar a morte em certas pessoas .

    Responder

  8. Mas tomar a primeira vez pra fazer a prova ainda,é burrice,a primeira vez é sempre a pior da insônia falta de fome agunia e vários colaterais,depois da segunda vez que se tomar seu corpo parece se acostumar e aí realmente começa a fazer seu efeito esperado(de tomado de forma correta claro).Vai por mim ritalina não combina com prova,ela e melhor na hora de estudar e absorver informações novas,não aconselho a ninguém usar sem prescrição médica, abraço.

    Responder

    1. o final do seu comentário faz muito sentido, para usar é necessário prescrição médica. Exatamente por não ter informações precisas sobre como usar a ritalina para estudar que muitos estudantes terminam por usá-la de forma errada. O problema não é usar a ritalina pela primeira vez e fazer uma prova, mas sim usá-la sem que se tenha um acompanhamento médico.

      Responder

    2. Massa a matéria. Tomei mas não senti nada disso, nada mesmo.
      Tomei até com café, mas o sono vinha sem nenhum problema. Achei até me deu mais sono tomando a Ritalina.
      Com certeza existe efeitos colaterais a longo prazo, mas também acredito que as reações no ato da ingestão do medicamento varia de organismo para organismo.
      Senti uma LEVE melhora em relação a concentração para absorver o conteúdo.
      Mas ótima matéria você escreveu, é um risco e com ela algumas pessoas podem não sofrer o que você sofreu.

      Responder

      1. Pois é Roberto, esse é o problema da Ritalina: a gente nunca sabe como nosso organismo vai reagir. Também conheço pessoas que tomaram e não sentiram nada e outras sentiram arritmia, náuseas etc.
        É um medicamento que age de forma estranha no nosso corpo, por isso é sempre bom ter o acompanhamento médico. Afinal de contas, alguns efeitos colaterais também podem demorar a aparecer.
        Mas existem outros meios naturais que também podem ajudar a melhorar a concentração, como ervas e chás. Inclusive, qualquer hora vai ser tema de um artigo aqui no site.
        Ah, e muito obrigado pelo elogio à nossa matéria.

        Responder

  9. A Ritalina é uma formula mágica pra vc se concentrar na hora da prova ou estudar aquela parte que vc não tá entendendo de jeito nenhum, não aconselho usar ela todos os dias, ela vicia e também custa caro compra-la sem receita hehe…

    Responder

  10. eu usei ritalina por algum tempo, mas meu organismo não aguentava mais… Eu vi uma indicação desse curso aprender a aprender em outro site tbm. Eu já estudo por ele há um mês mais ou menos e realmente ajuda

    Responder

  11. A neurose e a melhor né você pensa que tudo e todos contra você e ao mesmo tempo que você tá rindo você também chora em curto intervalo de tempo.

    Responder

    1. Fico preocupado com varias coisas quando uso e o coração acelera, e bom pra quem tem sono ao tentar estudar, porem a uma serie de efeitos colaterais.

      Responder

  12. Muito obrigada pelaa dica.. minha concentração melhorou muito com essa dica.. Eu nunca usei Ritalina, mas essa técnica ta me ajudando bastante.. essa semana eu já estudei 6 horas a mais do que eu estudo normalmente.. obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.