Tudo sobre prova objetiva

Quem estuda para concurso público passa semanas, meses e até anos estudando para o momento que pode ser decisivo em sua vida: a prova objetiva. Durante essas 3 ou 4 horas de prova você terá a capacidade de mostrar para si mesmo o que foi capaz de aprender nos estudos.

Por se tratar de um tema tão delicado, eu resolvi deixar este artigo dedicado somente à prova objetiva. Assim, aqui você vai encontrar tudo que precisa saber. Veja abaixo:

Como controlar a ansiedade para prova objetiva

Quem passa meses estudando tem todo o direito de sentir ansiedade, medo e angústia na hora da prova objetiva. Essa é a primeira coisa que você precisa saber. Todo mundo passa por isso, mas algumas pessoas têm sintomas mais graves e é isso que você precisa controlar.  

O controle emocional é uma competência que deve ser exercitada. Caso contrário, perderemos oportunidades de demonstrar nossas habilidades.

Muitos concurseiros partem para os remédios como ritalina ou venvanse para controlar a ansiedade. Porém, seus efeitos colaterais são gravíssimos até mesmo para quem tem acompanhamento médico.

A dica para conter sua ansiedade antes da prova objetiva é controlar as expectativas. Domine seus pensamentos. Por exemplo, em vez de pensar que não vai conseguir ser aprovado, pense em quanto você se esforçou.

Abaixo vou deixar uma frase que me fez refletir bastante quando comecei a estudar para concurso. Sempre penso nessa frase para tirar toda a ansiedade e sensação de estar carregando o mundo nas costas durante uma prova objetiva.

“Não é você quem escolhe o concurso que vai passar, mas o concurso que escolhe você”.

Agora que você sabe da importância de controlar a ansiedade, veja como se comportar na véspera da prova objetiva.

O que fazer na véspera da prova objetiva

Finalmente está chegando o dia da sua prova e você já não sabe o que fazer, e se faz aquela pergunta: devo estudar ou descansar? O que eu devo fazer antes da prova? Pois bem, abaixo vou deixar algumas dicas úteis.

Em primeiro lugar, se organize. Assim, procure deixar organizado na véspera da prova objetiva tudo que precisará levar no dia seguinte, como documentos, formulários com foto, caneta, água, barrinha de cereal, etc. Aproveite e já verifique quanto tempo vai demorar para chegar ao local da prova, decida se vai de carro, ônibus, uber etc.

Em relação aos estudos, pense que você já estudou bastante todos esses meses e dificilmente aprenderá algo novo na véspera. Então aproveite para descansar ou para fazer revisões. Assista a um aulão de revisão como se estivesse assistindo um filme, não anote nada, apenas assista.

Ainda na véspera, tente dormir cedo. Embora esteja preocupado e ansioso, procure acalmar os pensamentos fazendo meditação e relaxando a mente. No dia da prova você precisará de total atenção e concentração.

atenção e concentração para prova

Por fim, busque usar roupas e calçados com os quais você se sinta confortável. Dê preferência a tênis e calçados baixos. Caso a temperatura esteja alta, use roupas mais leves, no entanto, jamais vá de bermuda, camisetas cavadas, shorts, minissaias ou blusas muito decotadas.

Procure sempre levar uma blusa de inverno. A depender da sala, a temperatura do ar condicionado pode incomodar um pouco.

Não se esqueça de chegar cedo ao seu local de prova, imprevistos podem acontecer. Veja abaixo o que fazer durante sua prova objetiva.

O que fazer na hora da prova

Ao chegar no local da prova, já verifique sua sala e fique por perto. Chegando com antecedência, você provavelmente evitará ficar muito tempo na fila. Caso a sala ainda não esteja liberada, utilize este tempo para ir ao banheiro, lavar o rosto e as mãos.

Assim que a sala estiver liberada, entre para ir se familiarizando com o local. Siga as instruções dos fiscais, apresentando documentos, e com atenção especial ao seu celular.

Mantenha seu material na mesa e aproveite os momentos que antecedem a prova para tentar se acalmar e se concentrar.

Mesmo que você encontre algum conhecido, evite conversar. Na maioria das vezes, os próprios fiscais proíbem conversas paralelas na sala antes das provas de concurso. Além disso, conversar poderá te deixar ainda mais ansioso caso façam comparações sobre como foram os estudos, por exemplo.

Não se esqueça de prestar atenção no tempo disponível. Os fiscais das provas de concursos públicos são implacáveis quanto a isso e não é tolerado nem um minuto a mais. Por isso, procure controlar o seu tempo para que ao final, todas as questões já estejam respondidas. Considere também deixar pelo menos 30 minutos para preencher o gabarito com calma.

controlar o seu tempo de prova

Ao terminar a prova, relaxe. Não fique se torturando antes da divulgação do gabarito. Vá para casa ou saia com amigos. Tenha sempre em mente que, caso não seja desta vez, logo chegará o momento em que você passará no concurso público.

Pensando nisso, listei abaixo 6 (seis) dicas para você se dar bem na prova objetiva.

Como fazer uma boa prova objetiva

Como eu disse acima, manter a calma nessas horas é fundamental, mas existem outros pontos a serem seguidos para fazer uma boa prova. 

1. Revisão

A primeira dica é fazer revisões periódicas. Antes de ir para a prova objetiva faça uma revisão espaçada de todo o conteúdo. Para decidir o que deve e o que não deve entrar na sua revisão, faça uma lista contendo todos os itens que você têm dificuldade ou que não se lembra por completo.

Você pode escutar o podcast que eu fiz especialmente sobre como fazer revisões espaçadas:

2. Prática

Muito provavelmente você já ouviu aquela frase: “a prática leva a perfeição”. Nesse caso, só tem um jeito de praticar: fazer simulados.

Fazer simulados só tem vantagens, você afere se os estudos estão gerando resultados e pega ritmo para ganhar tempo na prova. Então faça diversos simulados antes de ir fazer uma prova objetiva.

3. Alimentação

Comer bem também ajuda. Procure manter uma alimentação equilibrada e fuja dos excessos, como gorduras, frituras e doces. Dê preferência para frutas, legumes e hortaliças. Existem alguns alimentos que podem ajudar na memória, pesquise sobre eles e procure incluí-los em sua alimentação também.

4. Seja paciente

Estudar tudo de uma vez ou em um tempo recorde não vai te ajudar a se dar bem em uma prova. 

Procure estudar tudo com calma, revisar cada conteúdo e fazer anotações sempre que considerar um tópico importante ou que tiver dúvida sobre ele.

5. Estude por um bom cursinho

Estudar sozinho não é sinônimo de não fazer cursinhos. Eu, por exemplo, sempre estudei sozinho, mas os cursinhos online me ajudaram bastante. 

Um cursinho que sempre fiz questão de utilizar foi o Estratégia Concursos, mas isso é uma questão pessoal. Caso você conheça outro cursinho que seja melhor, estude por ele!

cursinho online ou presencial

6. Tempo de prova

Assim como é importante criar um cronograma de estudos para conseguir estudar todo o conteúdo da prova objetiva, no dia do teste é importante cronometrar o seu tempo também. 

Passar muito tempo em uma única questão pode te fazer perder metade da prova. Caso sinta que não sabe a resposta deixe essa questão para o final. Veja abaixo mais detalhes sobre como fazer a prova em menos tempo.

Como otimizar o tempo de prova

A primeira coisa que você precisa entender é que é necessário conciliar seu tempo de prova. Muitos alunos fazem a prova sem nem mesmo saber quantos minutos são necessários para responder a cada questão.

Fazer a prova com tempo de sobra evita que você fique nervoso ou que sua ansiedade aumente ainda mais. Essas dicas abaixo vão te auxiliar a organizar sua prova objetiva para resolver todas as questões no tempo correto.

1. Simule a prova em casa

Mais uma vez eu preciso bater nessa tecla. Faça simulados. É com base nos simulados que você vai saber como será na prova. Se no simulado você está perdendo muito tempo, você precisa melhorar. Analise onde você gasta mais tempo: é em língua portuguesa, direito constitucional, informática etc?

como se preparar para a prova do tst

2. Deixe textos longos para o final

A prova é baseada em ler, interpretar e responder. O examinador sabe que textos longos cansam o candidato, não é à toa que a prova de português é a primeira na grande maioria das provas. Logo, é recomendável que você deixe as questões que têm textos muito grandes para o final. 

Inicialmente, foque nas questões que são mais simples e rápidas de resolver. Por serem mais fáceis, você ganha confiança para as mais difíceis.

3. Tá difícil? Pule a questão

Todo mundo se depara com alguma questão que lhe pede maior esforço. Sabendo disso, não perca tempo e pule para a próxima questão. Por fim, se tiver tempo de sobra ao final você poderá voltar para resolver.

Como responder questões de múltipla escolha

A prova de múltipla escolha tem por característica ser ambígua e com alternativas muito parecidas. Este fato, na maioria das vezes, leva o candidato a errar questões que em situação diferente saberia responder.

O desempenho em uma prova objetiva na maioria das vezes não reflete quem estudou de quem não. Raramente, mas não impossível, alguém com sorte pode ser aprovado em uma prova desse tipo. Saber fazer bem uma prova objetiva conhecendo suas características e armadilhas pode ser o seu diferencial em um concurso concorrido.

Para maximizar suas chances de sucesso em uma prova objetiva você deverá ficar atento aos seguintes pontos:

1. Leia a questão inteira

Parece ser uma dica boba, mas não é. Muitos candidatos tem o hábito de não ler a questão por inteira e já vão tentar analisar as respostas.

A dica aqui é ler a questão por inteira sem analisar as respostas. Imagine que você está fazendo uma prova discursiva, leia a questão e tente responder sem olhar as alternativas.

Usando essa dica você vai privilegiar seus estudos e conhecimentos. Só depois de responder a questão como se fosse discursiva analise as alternativas.

2. Elimine as respostas que são obviamente Incorretas

Em toda prova de múltipla escolha você vai encontrar a alternativa que é gritantemente errada, ou seja, aquela resposta que você já sabe de cara que não é a correta. Normalmente, são duas alternativas que não fazem o menor sentido.

Eliminando essas questões você automaticamente já aumenta suas chances de acertar a resposta correta pois suas chances aumentaram de 1/5 para 1/3.

Pode parecer pouco mas se a cada 3 questões, no qual você não faz menor ideia da resposta certa, acertar 1 suas chances de aprovação em um concurso irão aumentar. Lembre-se que em um concurso concorrido uma questão certa a mais pode fazer toda a diferença entre sua aprovação ou não.

3. Responda todas as questões da prova

Nunca deixe uma pergunta sem resposta em uma prova de múltipla escolha. Se o concurso não te penalizar pelas respostas erradas, responda todas as questões.

Existem concursos cuja resposta erra vai te custar uma resposta certa. Então, para esse tipo de prova sua estratégia deve ser outra. Se você quer saber mais sobre esse tipo de prova basta clicar nesse artigo: 12 Dicas Sobre Como Passar em Concursos Cespe/UNB de Primeira.

4. Não mude sua resposta

É muito comum você terminar sua prova antes do tempo estipulado e na sua revisão final ficar tentado mudar alguma resposta já assinalada.

Por mais tentador que seja, não faça isso pois muito provavelmente você estará desmarcando uma questão que você acertou para marcar uma questão errada. Se você é um concurseiro mais experiente provavelmente já passou por alguma situação assim. Não caia nesse erro.

questões prova objetiva

5. Tenha cuidado com respostas absolutas

Um outro ponto importante a ser considerado em provas de múltipla escolha são respostas do tipo “Todas as alternativas estão CORRETAS” ou “Todas as alternativas estão ERRADAS”. Esse tipo de resposta eu chamo de respostas absolutas.

Quando você encontrar em uma prova respostas desse tipo e souber que pelo menos uma das respostas da questão está errada, você poderá eliminar respostas do tipo “Todas as alternativas estão CORRETAS” das possíveis alternativas certas.

Esse tipo de dica é importante, principalmente para aqueles candidatos que ficam nervosos durante a prova.

Se você fica nervoso na prova, conheça as MELHORES TÉCNICAS DE ESTUDOS que vão acabar com esse estresse.

Um outro ponto importante sobre essa dica é chamar a atenção do leitor para questões do tipo “Todas as alternativas estão ERRADAS”. Dificilmente essa resposta será a correta, pois a banca quer avaliar o conhecimento e não sua habilidade de detectar o que está certo ou errado. “Nenhuma das alternativas” também é muito usada em provas e o critério para avaliar esse tipo de resposta é o mesmo já descrito aqui.

6. Escolha respostas mais longas

Essa é uma estratégia simples e que você pode utilizar nas situações em que não tem ideia de qual é a resposta da questão. Em muitos casos, a resposta correta é a mais longa, ou seja, a que tem mais detalhes.

Então lembre-se: Se você se deparou com uma questão onde não tem a menor ideia da resposta, escolha a opção com a resposta mais completa.

 7. Escolha respostas opostas

Em uma questão onde dentre as alternativas você tem duas respostas que são postas uma a outra, provavelmente uma dessas respostas é a correta. Portanto, se você não tiver ideia da resposta correta escolha uma delas.

O mais importante com essas dicas é mostrar para você que é necessário aprender COMO ESTUDAR PARA CONCURSO PÚBLICO para facilitar suas chances de ser aprovado.

8. Não se preocupe com padrões nas respostas.

O que quero dizer com essa afirmação é que muitos candidatos quando terminam a prova e vão conferir suas respostas percebem um determinado “padrão”, como por exemplo respostas a, a, a, b, a, a… outro exemplo  a,b,a,b,a,b.

Ao perceber determinados padrões alguns candidatos alteram suas respostas pensando que não há muitas possibilidades de haver tantas respostas com a mesma letra, e acabam desmarcando uma resposta correta para marcar uma errada.

A recomendação nesses casos é NÃO se preocupar com padrões nas respostas. Raramente um exame é elaborado para ter respostas estatisticamente iguais. O foco não é esse!

Observação importante:

Tentamos separar as principais dicas de como fazer uma boa prova objetiva e espero que essas dicas sejam realmente valiosas para você. Utilizando-as na hora da prova você terá um índice de acerto de pelo 80% de todas as questões duvidosas.

Quando você começar a estudar é interessante decidir logo qual cursinho vale mais a pena. Tenho um artigo bem interessante onde ajudo os concurseiros a decidirem se é melhor estudar por cursinho online ou presencial.

Espero que tenha gostado do artigo de hoje. Deixe seus comentários e dúvidas, teremos o maior prazer em te responder.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo