Não consegue estudar em casa? Esse texto é para você

Estudar em casa é um desafio. O aluno identifica que precisa dar um jeito na vida, ser mais produtivo, usar melhor o tempo e alcançar seus sonhos. Daí ele faz mil planos, compra materiais, cadeira, mesa, livros, iluminação… estuda 1,2,3,4 dias e simplesmente… desanima.

Desanima porque acha aquela matéria difícil, porque a prova tem muita concorrência e vários candidatos já vêm se preparando há mais tempo que ele, desanima porque não tem apoio da família, porque tem uma rotina muito corrida, porque tem que cuidar da casa e dos filhos, porque o trabalho gasta toda a energia mental.

Desanima porque a matéria não entra na cabeça, porque não sabe nem por onde começar. Desanima porque o sonho está muito distante, e não faz a mínima ideia de como fazer para alcançá-lo.

dificuldade em estudar em casa

E o sonho fica cada vez mais distante. As dificuldades não param de aparecer, os obstáculos se tornam cada vez maiores e aparentemente intransponíveis. O que era um sonho, se torna uma frustração, ou uma eterna dúvida: o que seria de mim, onde eu estaria agora se eu tivesse continuado seguindo independente de todas as adversidades?

O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos. Clichê? Faça o seu próprio julgamento.

Algumas coisas são tão óbvias que alguns se recusam a enxergar. Você é a soma do que faz repetidamente, todos os dias. O seu cérebro aprende a todo momento, em todas as situações.

Usar melhor o tempo e alcançar seus sonhos

E acredite, você toma várias decisões no “piloto automático”. Ele aprende a fazer atividades sem precisar de grande esforço mental, ele cria “mini programas” para realizar atividades simples como dirigir, olhar as redes sociais a cada 5 minutos, chegar em casa e se jogar no sofá e colocar na novela das 19 horas sem perceber o tempo passar, acender um cigarro, tomar algumas xícaras de café durante o expediente, reclamar sempre das mesmas coisas.

Já experimentou dirigir o carro de outra pessoa? A seta em local diferente, a marcha em outra posição. É estranho, não é? Já experimentou acordar ou dormir um pouco mais cedo que o habitual, deixar de comer aquele chocolate depois do almoço, tentar ler um livro depois do expediente ou talvez até começar a praticar uma nova modalidade de exercício?

estudar no piloto automático

Tudo que foge do seu cotidiano gera estranheza. Evoluir dói. Ao longo da história, aprendemos a fazer tudo com o mínimo de esforço. A raça humana precisa sobreviver. Acumulamos gordura para nos preparar para os dias sem alimento, o cérebro assume o controle em atividades que não exigem esforço mental, quase que em uma “hipnose”.

Tá, mas e daí? O que isso tem a ver com desenvolvimento pessoal e estudo para concurso? – Você deve estar se perguntando.

Tudo. O que você tem feito, que atitudes tem tomado diariamente sem ao menos perceber? Será que o seu piloto automático está ajustado para o seu sucesso ou está te levando para a mediocridade, o caminho das tarefas inacabadas, sonhos incompletos, vidas medianas?

O sucesso exige muito mais do que uma boa dose de motivação e algumas palavras de conforto do tipo “basta acreditar que você vai conseguir”. O caminho para o sucesso – seja lá onde estiver o seu – é sinuoso e cheio de pedras, por diversas vezes solitário e sombrio. Algumas barreiras são tão grandes que parecem impossíveis de ultrapassar. As vezes é preciso realmente recuar e achar rotas alternativas.

Um grande problema do concurseiro tem a ver com a expectativa infundada de fazer algumas provas e ser aprovado logo de primeira, sem nem ao menos ter se preparado como deveria, dado o seu melhor.

A cultura do imediatismo, da recompensa a troco de nada, de não entender o processo e querer dominá-lo.Em qualquer área da sua vida, o êxito será proporcional ao esforço.

E não entenda esforço como horas de estudo, noites sem dormir, ou algo do gênero. Aqui eu me refiro a resultado. Você pode percorrer 10 quilômetros em 1 hora à pé, ou em 10 minutos, de carro. E o resultado terá sido o mesmo. Como obter o bom resultado? Aprenda como estudar sozinho para concurso e desenvolvendo suas habilidades, aprendendo a jogar o jogo com maestria.

Faça o que puder, com o que tiver, onde estiver. Crie oportunidades, tenha resiliência, mude os caminhos. Não tenha medo de ir devagar, nem fique chateado por não conseguir manter várias horas de estudo por dia, ou ter dificuldade em entender determinada matéria.

Tenha medo de ficar parado, ou de regredir. Você nasceu vencedor. Coloca isso na cabeça. Tudo que for colocado a sua frente deve ser encarado como um desafio, ao invés de um fardo.

futuro de um concurseiro

Como você se sente quando realiza um desafio? Você se sente poderoso. Se lembra de como foi difícil andar de bicicleta pela primeira vez? Falar em público? Fazer aquela prova na escola? Como você se imagina daqui a 5 anos? E daqui a 10 anos? Independente das suas atitudes, o tempo vai passar de qualquer jeito.

O caminho tem pedras. Não será fácil, mas você nem imagina o potencial que tem. Descubra! Ouse desafiar o seu destino!

E conte comigo nessa jornada.

Um grande abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo