Mesmo quando tudo parecia que daria errado, Karine foi aprovada em 1º lugar

Pessoal, a partir de hoje nós começaremos a colocar relatos de estudantes que conseguiram enfrentar as suas maiores dificuldades para passar em concurso público. Todas as histórias serão verdadeiras e o objetivo é motivar cada vez mais os estudantes. Todos nós sabemos que passar em concurso público é difícil e por não acreditarem muitos ficam no meio do caminho. Chega de enrolação e vamos conhecer a história da Karine Castro.passar em concurso público“Fiz o ensino fundamental e médio em escola pública, meu pai e minha mãe tinham poucos recursos, por isso eu não tinha perspectiva de fazer faculdade, mas os meus colegas já planejavam ainda no colégio que curso fariam.

Passar em concurso público

Fim do ensino médio, com meus 18 anos, fiz um concurso para a prefeitura da minha cidade, passei para auxiliar de serviços diversos, na verdade eu era a zeladora e limpei muito chão e banheiro. Cerca de 2 anos depois, com 20 anos, passei no ENEM, fisioterapia. Nesse ano perdi meu pai. Fazia faculdade, limpava chão, sofria humilhações no emprego.

Com 22 me casei. Dona de casa, faculdade, trabalho. Um ano depois me transferiram para o abrigo de crianças da minha cidade, trabalhando por plantões, noite sim noite não.

Em 2015, com 25 anos terminei a faculdade. Trabalhando no Abrigo, tinha mais tempo pra estudar de dia. Fiz uns 2 concursos de nível médio, sem êxito. Meu sentimento era de fracasso. Fim do ano 2015 fiz o concurso do IFRO, técnico em arquivo, e finalmente consegui passar em concurso público, era para a cidade vizinha. Mas era incerto por motivos curriculares.

descomplica-anuncio

No início de 2016 abriu um concurso da prefeitura da cidade que eu moraria se passasse no IFRO, pensei: vou fazer. Esse concurso era de nível superior. Nesta época, eu estava passando por dificuldades no casamento… Comecei estudar, com muito desânimo para este último concurso. Vocês sabem como é difícil ter motivação para sentar e LER, LER E LER e reler mais um pouco. Ainda mais quando vi a concorrência: meu cargo, 2 vagas, 512 candidatos!

Mês de abril de 2016 meu casamento chegou ao fim. Voltei para casa da minha mãe, fiquei quase uma semana sem pegar num livro para estudar, mas estava chegando a prova, então tive que ter força. Aí fui me dedicando um pouco mais.

Fui até a outra cidade e fiz a prova. O sentimento era de não ter ido bem, até porque seriam mais de 100 pessoas concorrendo pra minha vaguinha. Fui tomar posse no concurso do IFRO e não deu certo, me negaram por causa de certificados.

Na mesma semana saiu o resultado do concurso da prefeitura, fui olhar, só pra conferir mesmo. Meu DEUS, quando vi que fiquei em PRIMEIRO LUGAR, eu tive que reler o resultado, pois não acreditava.

Chorei de emoção, choro sofrido!!!banner-livro-passar-em-concursos728x90

Conclusão, meu salário base de R$3.570 será melhor do que do ifro de R$2.500. Gente, ganho um salário mínimo, limpei banheiros por 4 anos, e agora me preparo para uma vida melhor.

Eu ainda sinto muita emoção de pensar nisso. Sou muito agradecida a Deus, e a meus pais. Meu pai fazia o que era possível pra me dar apoio moral durante meus estudos básicos. Nunca planejei fazer faculdade porque sabia que ele não poderia pagar…Mas até aqui o Senhor me ajudou.

NÃO DESISTAM, amigos.”

Quem quiser ter sua história contada aqui no site é só nos mandar um e-mail: [email protected] ou nos procurar na nossa página do faceboo aqui —> LINK

Mesmo quando tudo parecia que daria errado, Karine foi aprovada em 1º lugar
Avalie este artigo!

Sobre Wellington Beltrão

Após vários anos de estudos eu consegui obter minha aprovação em vários concursos e hoje faço parte da Polícia Civil de Goiás. Mesmo assim, ainda mantenho os mesmos hábitos de estudos com o objetivo de conseguir algo ainda melhor.

Website: https://concurseirosdamadrugada.com.br