Gasto com salários de servidores aumenta

Hoje, eu não estou aqui para falar do gasto com salários dos servidores em si, mas da repercussão negativa que isso está gerando nas redes sociais. O Ministério do Planejamento, MPOG, soltou uma nota em que relata os gastos de 2015 com servidores públicos federais. Para a surpresa de muita gente, houve um aumento nos gastos, e quase 30% do orçamento foi para pagar os servidores dos três poderes. Isto te assusta? Eu não me assusto!

Para muitos, isto é motivo de privatização, terceirização e qualquer outra “ização”. A indignação é sempre a mesma: “O Estado está inchado e não aguenta mais tantos servidores”. É sério que alguém acredita nisso?

Por que o Estado gasta tanto com servidores e por que isto seria ruim?

Nós brasileiros, temos aquela velha mania do “complexo de vira-lata”, sabe? Se fulano, que é famosinho, disse que isso é errado, é errado! Não vou apurar, não vou checar a veracidade. E aí começa uma onda de comentários ridículos e sem fundação alguma. Simplesmente virou moda criticar.

É ruim o Estado gastar com servidores, como dizem por aí? Lógico que não.

Para deixar claro, quando digo servidores me refiro aos concursados. Não sou a favor dos que estão em cabides de emprego.

O maior problema é que pagamento de salários é encarado como despesa pelo Estado e pela mídia (e como todos sabem, toda despesa é ruim), mas compra de suprimentos é investimento. Veja como exemplo: Com certeza, na sua cidade tem um hospital público que falta tudo. Quando dizem que o estado precisa investir em saúde, ninguém diz que é contratando servidores, mas sim comprando macas, raio-x, seringas etc.

Um próprio jornal ao soltar essa nota do MPOG fez o seguinte comentário: “Em meio à crise mais grave desde 1929, ao contrário do setor privado, que diminui gastos para equilibrar as contas, o setor público aumenta os gastos e desperdiça uma enorme parte com salários dos funcionários públicos”. (grifos nossos).

É sério que alguém em sã consciência acredita que pagar servidores públicos é um desperdício de dinheiro? Os gastos com contracheque dos servidores foi de cerca de R$255 bilhões. Segundo o relatório da FIESP, o rombo da corrupção fica entre 80 e 101,2 bilhões de reais ao ano. Você ainda acha que pagar o servidor, que trabalha em péssimas condições, é desperdiçar dinheiro? Desperdício de dinheiro é o que a corrupção faz.

Gasto com salários de servidores aumenta
Avalie este artigo!

Sobre Wellington Beltrão

Após vários anos de estudos eu consegui obter minha aprovação em vários concursos e hoje faço parte da Polícia Civil de Goiás. Mesmo assim, ainda mantenho os mesmos hábitos de estudos com o objetivo de conseguir algo ainda melhor.

Website: https://concurseirosdamadrugada.com.br