Como parar de fugir dos problemas e se aproximar dos seus objetivos

Faculdade, trabalho, concurso, família, amigos, talvez um romance, tudo isso mesclado e acumulado na mente, transbordando na vida, tirando o fôlego, não dando espaço nem ao menos para você parar e respirar. Quem disser que nunca passou por estes momentos de desordem e sufocação estará mentindo, não só para os outros, mas para si mesmo. Por isso é importante tentar se aproximar dos seus objetivos.

Tem horas que tudo embola, vira uma confusão só. Você perde noção do que faz parte dos estudos para concurso e o que faz parte da faculdade, já troca as bolas achando que tudo é um só.

Já não há mais dedicação para aquele concurso tão almejado, pois sua vontade de ficar com os amigos, família e relaxar se tornam muito maiores que os seus sonhos iniciais.

Sem falar naquele seriado ou livro preferido que você nem pode ver mais, tendo em vista que o seu tempo é consumido pela rotina desgastante do dia-dia.

É no meio deste caos construído que se instaura o desânimo, é neste caos que acabamos perdendo a nossa essência, o intuito inicial. Achamos que precisamos de um tempo só para nós, que não tem problema deixar de estudar hoje, pois “no final vou conseguir estudar tudo”. – Mas o tempo não espera.

Pensamos: “não tem problema eu relaxar aqui no trabalho, pois eu sempre me dediquei muito”. Que não tem problema deixar de fazer aquele trabalho que vale nota na faculdade, pois eu já tenho nota suficiente para passar.

É neste cenário que somos autores do nosso naufrágio pessoal, pois deixamos de buscar o que inicialmente queríamos em troca de apenas alguns momentos de prazer instantâneos.

fugir dos problemas

Quando estamos em momentos apertados, de desespero, sempre surgem distrações que em tese seriam perfeitas. Por exemplo, segunda tem aquela prova dificílima da faculdade, e no sábado que antecede a prova tem aquela mega festa que você não pode perder por nada!

Claro que o subconsciente vai optar pela festa e te dizer que no domingo você estuda, que vai dar tudo certo e na segunda você fará boa prova.

E nós, pobres mortais que nos deixamos levar por emoções do momento, acabamos sabotados por este sentimento insensato, prejudicial e que apenas nos afasta dos objetivos.

No começo, os momentos de distrações são bons, nos dão vigor e sensação de ser a melhor coisa realizada. Mas com o passar dos dias, ao notar as oportunidades perdidas e o tempo passado, um estado de desânimo e de depressão predomina no subconsciente.

As lágrimas escorrem sem ao menos perceber, a sensação de fracasso domina, sem chance de perceber que ainda existe potencial.

MOTIVAÇÃO: ESSE É O CAMINHO DOS VENCEDORES

É neste momento que não podemos nos deixar abater, este é o tempo em que necessitamos deixar de fugir e buscar enfrentar as nossas lutas. O sucesso não virá sozinho, ele necessita de dedicação, esforço e alguns sacrifícios.

Lógico que não devemos abandonar amigos, família e diversão, mas tentar conciliar, redefinindo prioridades sem jamais que nossa essência se perca.

Como se aproximar dos seus objetivos

Fugir da rotina de estudos, por exemplo, não nos fará mais felizes. O que devemos fazer é adequar a nosso cotidiano tornando-o mais produtivo e prazeroso, manter a calma e ter paciência, a hora certa vai chegar e você vai estar preparado.

Importante não surtar e acabar estragando planos de uma vida inteira. “Quem sabe faz a hora não espera acontecer” Um novo dia vai raiar!

Pare de fugir agora, esta é a hora, não espere o fundo do poço para começar a agir. Lute enquanto ainda há forças para respirar, e se você já perdeu tudo, recomece, pois sempre lhe resta a possibilidade de reconstruir.

Você é capaz de coisas que nem imagina, e nada como um dia após o outro. O Sol nasce para todos, busque o seu lugar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo