Concursos de tribunais: saiba tudo sobre eles para garantir sua aprovação

Ao escolher participar de concursos de tribunais você precisa saber tudo que está em volta desta decisão. Saber os órgãos e os cargos é muito importante. Mas saber o que cai nas provas e como estudar para elas é mais que importante, é essencial.

Por isso, não se preocupe! Nós dedicamos esse artigo completo e cheio de informações à você, que decidiu estudar fielmente para passar nos concursos de tribunais. Então, saiba tudo sobre eles e o que você pode fazer para ter um bom resultado.

Os concursos públicos das carreiras tribunais

Os concursos de tribunais podem ser realizados para os órgãos federais e estaduais. Dentre os federais estão:

  • Tribunal Superior Eleitoral (TSE);
  • Supremo Tribunal Federal (STF);
  • Tribunal Superior do Trabalho (TST);
  • Superior Tribunal Militar (STM);
  • Superior Tribunal de Justiça (STJ);
  •  27 Tribunais Regionais Eleitorais (TRE);
  • 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRT).

Se tratando dos Estaduais, temos:

  • 5 Tribunais Regionais Federais (TRF);
  • 27 Tribunais de Justiça (TJ);
  • 3 Tribunais da Justiça Militar (TJM).

Como você pode ver, as chances são muitas. Por isso, se você tem o desejo de atuar na área de tribunais, precisa começar logo a sua jornada como estudante. 

Os cargos tribunais

Os cargos dos concursos de tribunais são divididos em dois: Técnico e Analista. Além disso, eles também podem ser divididos entre Administrativo ou Judiciário. Logo, o Técnico pode ser ocupado por pessoas com nível médio e o Analista por pessoas que possuem ensino superior. 

Como se candidatar para os concursos de tribunais

Para entrar nos concursos de tribunais, é preciso ter formação na área que deseja, seja ela de nível médio ou superior. Muitos pensam que apenas estudantes de Direito podem se candidatar para os níveis superiores, mas existem muitas vagas para outros cursos também. 

Biblioteconomia, Administração, Ciências Contábeis, Tecnologia da Informação e Engenharia são alguns deles. Inclusive, para que tudo aconteça de forma correta é essencial ter mais de 18 anos de idade, ser brasileiro e estar em dia com os processos eleitorais.

Além disso, estar no pleno gozo dos direitos políticos, comprovar a escolaridade e os pré-requisitos em geral e estar apto mentalmente e fisicamente para o cargo. É também muito importante estar em dia com obrigações militares, no caso dos homens.

[mks_button size=”large” title=”Você sabe qual a idade Máxima para entrar na Polícia Militar?” style=”squared” url=”https://www.concurseirosdamadrugada.com.br/idade-maxima-para-entrar-na-policia-militar/” target=”_blank” bg_color=”#81d742″ txt_color=”#000000″ icon=”” icon_type=”” nofollow=”0″]

O que você precisa saber sobre as provas?

As provas de concursos de tribunais possuem questões discursivas e objetivas. As provas objetivas são aquelas de múltipla escolha e, neste caso, podem conter de 6o a 100 questões. No que diz respeito à discursiva, você pode se deparar com uma redação ou uma análise de caso; isso depende muito do cargo. 

As bancas normalmente são bem exigentes quanto ao conteúdo que será aplicado nas provas, portanto, se prepare para estudar. Conhecer as bancas que estão por trás do seu concurso é um ponto muito importante. Mas é claro, nós trouxemos a lista de algumas delas para te ajudar.

Por trás dos concursos de tribunais, essas são as bancas que mais atuam: 

Embora você saiba da existência delas, cada uma tem suas particularidades quanto aos conteúdos. Portanto, entender como elas fazem a seleção de conteúdos, pode ajudar e muito nos seus estudos. 

Como estudar de forma eficaz para ter bons resultados 

A ideia deste tópico é te alertar sobre a importância de estudar, a fim de ter um rendimento de qualidade. Se você tem todo o desejo de ser aprovado, aposte em métodos e formatos de estudos que sejam de qualidade. 

Aposte em apostilas, cursos online, mapas mentais e quaisquer que sejam os meios que te ajudem a ter um bom rendimento. Existem muitos cursinhos preparatórios para concursos na internet e muitos deles são específicos, o que pode ajudar ainda mais. Então, nada de procrastinar e avante aos estudos! 

Neste momento da sua vida, você precisa se comprometer consigo mesmo e pedir compreensão e paciência das pessoas que convivem com você. Afinal, nos momentos em que você estiver se dedicando não será nem um pouco legal se alguém te atrapalhar, não é? Deixe claro que precisa estudar e que não pode ser incomodado neste momento. Eles vão entender!

[mks_button size=”large” title=”Conheça o curso Zero à aprovação” style=”squared” url=”https://www.concurseirosdamadrugada.com.br/curso-zero-a-aprovacao/” target=”_blank” bg_color=”#81d742″ txt_color=”#000000″ icon=”” icon_type=”” nofollow=”0″]

Métodos de estudo

Os mapas mentais e o método pomodoro são consideradas técnicas muito eficientes para os estudos. As duas técnicas funcionam quando são levadas à sério e você pode repeti-las sempre que necessário. 

Outro método que ajuda bastante é a realização de simulados. Fazer exercícios é o método mais eficaz de aprender, assim como trocar ensinamentos com um colega que está estudando para o mesmo concurso. 

Cursos online

No mercado existem muitos cursos preparatórios para concursos de tribunais e muitas outras áreas. Neste caso, entre os locais mais indicados estão o Estratégia Concursos e o Alfacon. Ambas as plataformas possuem muitos auxílios à oferecer para seus alunos. 

Vídeo aulas, simulados, apoio profissional e até estratégias de estudo podem ser encontrados. Para aqueles que possuem recursos para investir, não hesite pois vale mesmo muito a pena. 

Nós citamos duas plataformas que são muito confiáveis, mas existem muitas outras que podem oferecer materiais gratuitos e outros formatos muito bons para os estudos. Então, se você optar por estudar através de materiais, lembre-se de não comprar qualquer um. Existem muitas pessoas que pirateiam conteúdos para faturar e oferecem péssimos materiais.

Foco e persistência são essenciais para o seu sucesso

Lembre-se sempre de manter o foco e a persistência em seu caminho como estudante de concurso. Ou seja, antes de dizer que não é capaz, tente! Muitas pessoas que foram aprovadas fizeram essa caminhada tendo que cuidar de casa, trabalhar e estudar. 

Então, pense bem antes de desistir ao surgir obstáculos. Se você tem a oportunidade de apenas estudar, será ainda melhor para você. Não estamos dizendo que você deve se dedicar 24h por dia, mas estudar o máximo que você puder pode ser determinante. Além disso, busque sempre formas de autoavaliar seus estudos. Desta forma, você saberá se está indo bem ou não na sua jornada de estudante para concursos de tribunais.

Em conclusão, qualquer que seja o medo ou a falta de confiança que surgirem pelo caminho, elimine-os rapidamente.  Crie maneiras para se motivar a conquistar sua aprovação, pois, você é capaz de conseguir! No mais, tenha uma ótima jornada de estudos e muito sucesso pela frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo