Dicas de como passar em concurso público – Dicas do juiz ex-borracheiro

Força de vontade, dedicação, disciplina e motivação. Esses são alguns dos segredos de Rolando Valcir Spanholo, que foi de borracheiro e lavador de carros a juiz do Tribunal Regional Federal, em Brasília. Não desistir dos sonhos foi um dos passos mais importantes do juiz. E você anda pensando em desistir dos seus sonhos porque eles parecem estar longe de serem alcançados? Fique aqui e acompanhe as dicas dadas pelo juiz sobre como passar em concurso público.

Rolando Valcir desde os 9 anos de idade já ajudava seu pai e seus irmãos lavando carros e consertando pneus como forma de sobreviver. De origem muito simples, começar a faculdade de Direito só serviria para melhorar um pouco a vida. Afinal de contras, a situação financeira estava tão crítica que ele e seus irmãos trocavam de roupas e sapatos para não irem à faculdade todos os dias vestidos com a mesma roupa.

como passar em concurso publico

Entretanto, graças a um professor (para não dizer anjo) que insistiu para que ele fizesse um curso para magistratura sua vida mudou. Spanholo afirma que graças a esse  professor, ao final do curso ele fez uma seleção para estudar na Escola Superior da Magistratura e para a grande surpresa, ele passou. Porém, a instituição ficava a mais de 400 quilômetros de sua casa. Quer saber o que aconteceu? Veja abaixo a história de Rolando contada em dicas de como passar em concurso público.

Dicas de como passar em concurso público

Nunca desista…

… e se desistir, saiba se levantar. Por mais que o caminho pareça estar ficando mais difícil, não desista. Estudar a mais de 400km longe de casa não foi uma barreira para Rolando. O jovem precisou se desdobrar entre trabalhar em escritórios aos finais de semana enquanto passava de segunda a sexta estudando em casa.

Rolando conta que chegou perto da aprovação para promotor, procurador, juiz do trabalho e juiz estadual entre 1999 e 2003, exatamente quando teve que dar um tempo nos estudos, pois sua esposa estava grávida. A decisão foi muito difícil, mas foi superada e em 2010 ele decidiu correr novamente atrás de seu sonho: ser Juiz.

Faça várias provas

O juiz conta que nesta retomada em 2010, várias foram as provas que ele fez. Na verdade, foram dezenas de seleções desde então. O objetivo era um: se preparar para quando saísse o esperado cargo de magistrado. Ter em mente qual cargo quer passar é um grande passo.

Manual-de-aprovação

Tenha referências

Uma das formas que Rolando viu para se sentir mais perto do seus sonho, enquanto ele ainda não havia passado no concurso, era estudar a vida de pessoas que já haviam alcançado aprovação no concurso que ele queria. Assim, ele identificou o que havia de comum, em relação a estratégias e métodos de estudos, para traçar o plano de como se prepararia.

Resumos

Em meio a essas análises, o ex-borracheiro percebeu que aprender a fazer mapas mentais e resumos eram uma boa alternativa de como passar em concurso público. Afinal de contas, ele não tinha tempo para ficar revendo a matéria. Foi assim que ele conseguiu acumular 200kg de resumos (isso mesmo.. rs). Entre os resumos, estavam grifos nas leis que ele considerava mais importantes e sinopses com os julgados dos Tribunais Superiores.

acervo-resumoMotive-se

Para suportar todo o estresse e o desinteresse, uma de suas válvulas de escape era assistir, nas redes sociais, relatos motivacionais de pessoas que haviam passado o mesmo que ele estava passando. Por isso, que usar as redes sociais e as tecnologias são essenciais nos dias de hoje se você quiser saber como passar em concurso público.

“Durante o momento em que eu fazia a prova oral, não duvidei da minha capacidade. Lembrei-me de cada fase da minha vida, dos meus pais, das privações e das quedas”, relata. “Entrei naquele recinto pronto para ‘lutar’ por mim e por todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, acabaram me ajudando a chegar naquele lugar. Não podia decepcioná-los.”

Espere e confie

Por fim, após tantos anos de luta, o resultado do certame para o Tribunal Regional Federal saiu no final de 2014, e Rolando ficou entre os 60 primeiros classificados. Surpreso com a boa colocação, ele se diz orgulhoso da trajetória e atribui o resultado ao esforço e ajuda dos familiares e amigos.

“Não sei explicar direito, mas é como se as pessoas precisassem ver diante dos seus próprios olhos uma prova de que também elas podem superar seus limites pessoais e alcançar os seus sonhos”.

Dicas de como passar em concurso público – Dicas do juiz ex-borracheiro
Avalie este artigo!