Como ser aprovado no concurso da Polícia Civil de Pernambuco

Perto de ser publicado um novo edital da Polícia Civil de Pernambuco, é hora de aumentar a carga horária dos estudos, fazer só questões ou apenas decorar a letra da lei?

Hoje eu vou passar para você como funciona o concurso da policia civil de pernambuco as melhores dicas e técnicas de estudos para você começar a se preparar antes do edital ser publicado.

Sobre o concurso da policia civil de Pernambuco

Com base no último edital podemos dizer, com 90% de certeza, que o concurso será composta das seguintes etapas:

  • Prova objetiva de conhecimentos gerais;
  • Prova objetiva de conhecimentos específicos;
  • Prova discursiva;
  • Prova de capacidade física;
  • Avaliação psicológica;
  • Exame médico;
  • Investigação social;
  • Avaliação de títulos;
  • Curso de formação.

Neste artigo, abordaremos a parte da preparação para a prova objetiva.

concurso da policia civil de Pernambuco

Prova objetiva da Polícia Civil de Pernambuco

Uma dica importante para começar a estudar é sempre se basear no último edital. Então vamos lá:

A última prova da PC PE foi realizada pelo Cespe, em 2016. Acredito que o próximo edital, em 2020, também seja realizado pelo Cespe.

Um adendo que precisamos fazer é que a prova de 2016 veio num molde bastante diferente do que conhecemos do Cespe. A prova foi de múltipla escolha.

A dica que eu considero mais importante é que você não espere a publicação do edital para começar a estudar e falaremos dela agora.

Disciplinas cobradas no concurso da concurso da PC PE 2016

Quer começar a se preparar e sair na frente dos “concorrentes”? Então pegue o último edital da PC PE e comece a estudar por ele. Vamos falar um pouco mais sobre como a prova objetiva.

A prova de conhecimentos gerais foi composta por apenas 20 questões divididas entre Português e informática.

Uma novidade no último concurso da polícia civil de Pernambuco foi que apesar de ter atualidades, o tema foi cobrado somente na prova discursiva.

Já a parte específica, o edital não veio tão grande quanto o esperado, talvez pelo fato de se ter apenas 40 questões sobre Direito Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional.

Plano de estudo polícia civil de Pernambuco

Após você fazer essa análise do último edital do concurso da polícia civil de Pernambuco é hora do montar o plano de estudos. Ter organização é fundamental para ser aprovado.

Você vai precisar montar um planejamento e definir as metas.

Como ainda falta bastante tempo para a prova, talvez você perca o foco se criar um cronograma de estudos muito aberto e, consequentemente, perca a motivação.

Por isso, a dica de ouro que posso te dar é que você monte o ciclo de estudos, do Alexandre Meirelles.

Conversando com outros estudantes que trocaram o Cronograma de estudos pelo ciclo de estudos percebi que todos aumentaram a motivação para continuar estudando.

Hábito = motivação – procrastinação

Acima falei um pouco sobre ter motivação para estudar e agora vamos falar mais. Este tema é bastante importante se você quiser passar no concurso da polícia civil de Pernambuco.

Poucos estudantes sabem, mas a motivação está completamente ligada ao hábito. De acordo com estudos recentes, para se criar o hábito de estudar leva em média 66 dias.

Este estudo foi realizado pelo psicólogo Dr Jeremy Dean e publicado em seu livro: Making Habits, Breaking Habits: Why We Do Things, Why We Don’t, and How to Make Any Change Stick.

Para aprender como criar este hábito em 66 dias, siga as instruções abaixo sobre a rotina de estudos.

Rotina de estudos para concurso PCPE

Para criar uma rotina que te levará a aprovação no concurso da polícia civil de Pernambuco você precisa descobrir o que faz com o seu tempo.

Neste caso, o tempo será seu pior inimigo – por mais que você ache que tenha o bastante.

A rotina não está ligada apenas aos seus horários de estudos, mas sobre tudo que você faz com seu tempo – desde a hora que acorda até a hora que vai dormir.

Tudo isso por um motivo: criar o hábito de estudar para aumentar a motivação.

Antes de colocar no papel como será sua rotina de estudos, você será apenas um observador. Por dois ou três dias você ficará apenas analisando o que você faz durante o dia. Por exemplo:

  • Que horas acorda
  • Quanto tempo gasta tomando café, almoçando, lanchando…
  • O que você come que te deixa mais saciado
  • Quanto tempo passa assistindo tv ou vendo as redes sociais
  • Quantos minutos você passa em frente ao computador
  • Que horas vai dormir

Após esses dois dias de análise, você colocará num papel toda essa rotina da desmotivação (vamos chamá-la assim) e projetará uma rotina motivacional para os estudos. Nela você colocará:

  • Um horário definido para acordar
  • Quantos minutos leva para fazer uma refeição decente e que te deixe saciado
  • Defina quanto tempo vai estudar até fazer uma pausa
  • instale aplicativos de estudos em seu celular
  • Tenha pelo menos 8 horas de sono

Vamos falar sobre a importância de cada um desses itens. Ter horário para acordar passa a sensação de que você é responsável, não é a toa que final de semana somos mais desleixados.

Quando for comer esqueça o tempo, não fique se jugando pensando que deveria estar estudando. Coma e fique o mais saciado possível. Isso evitará que você se levante de 5 em 5 minutos para petiscar algo. Tenha também sempre uma garrafa de água por perto.

Em relação ao tempo que vai estudar até fazer uma pausa você já viu no tópico sobre o Ciclo de Estudos.

Eu considero muito importante instalar alguns aplicativos de estudos para estudar pro concurso da polícia civil de Pernambuco. Quando der aquela vontade de mexer no celular e ver o instagram abra um desses app até cansar de mexer.

Dormir ajuda a fixar o conteúdo estudado, você já deve saber. Por isso a importância de dormir 8 horas.

Vou deixar o link de um artigo se você quer aprender técnicas de memorização para concursos totalmente gratuito. Vale a pena.

Qual o melhor cursinho para o concurso da polícia civil de Pernambuco

De nada adianta você estar motivado, com um bom plano de estudos, sua rotina definida, mas não ter bons materiais de estudos pro concurso da polícia civil de Pernambuco.

Na minha opinião, o Alfacon, o Ponto e o Aprova são os melhores para quem estuda para concurso policial.

Como aqui no site eu já criei um artigo falando sobre cada um, basta clicar no link abaixo para conhecer e decidir qual é melhor para você.

Prova discursiva concurso PCPE

Na prova discursiva do concurso da polícia civil de Pernambuco, como sabemos que poderá cair algo relacionado a atualidades, a única coisa que posso te aconselhar é:

  • Leia muitos jornais
  • Esteja sempre acompanhando temas do Brasil e do resto do mundo
  • Política, economia e terrorismo são temas recorrentes nas provas do Cespe

Então é isso pessoal, espero ter ajudado um pouco com essas dicas para o concurso da polícia civil de Pernambuco PC-PE.

Foi usando essas mesmas dicas que eu passei em outros concursos. Ah! Se você já quer ir se preparando para o Teste de Aptidão Física, te aconselho a dar uma lida no artigo: Como treinar para o TAF.

8 Comentários

    • Sr.Anonimo,

      Não acredito que a média seja tão alta, visto que espera-se um nível “pesado de dificuldade”, eu, acredito em uma média de pontos em torno de 40 ( nas provas de C.G + C.E)

      Lembro que somente serão corrigidas as redações dos 2.000 mil primeiros candidatos….

      Resposta
    • No caso de agente e escrivão acredito que deva ser em torno de 45 a 50 pontos no máximo. Para delegado não deve passar de 80 pontos

      Resposta
        • É porque pra agente e escrivão a prova só vale 60. Mas para Delegado vale 100 pontos

          Resposta
        • Thiago, com esses números que o Concurseiro da Madrugada disse quer dizer que a média para Agente e Escrivão fica entre 75% e 83,33% da prova… o que não é muito baixo!!

          Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo