O que NÃO fazer se quiser ter estabilidade no serviço público

redes sociais atrapalham os estudos

Você já se perguntou alguma vez por que resolveu fazer concurso público? As razões são as mais variadas possíveis, mas dentre todas as justificativas que alguém possa dar ter estabilidade no serviço público é, provavelmente, a mais citada.

Se sentir seguro com relação ao futuro é algo que traz conforto para as pessoas, saber que terá um emprego e assim prover o sustento de seus entes queridos é reconfortante para qualquer um.

Para conquistar a estabilidade no serviço público é necessário abrir mão de muita coisa e se dedicar durante algum tempo a esse projeto. Vale lembrar que os estudos podem durar 1 ano ou mais dependendo da qualidade.

Garantir o sonho da estabilidade no serviço público e fugir da crise é um privilégio de poucos. Logo, esses poucos que conquistam esse espaço estudaram de forma correta, com um método adequado.

A realidade de muitos concurseiros é desgastante, muitos enfrentam verdadeiras batalhas na luta por uma vaga. Dificuldades como a falta de tempo, o medo de fracassar diante dos amigos e familiares torna o processo ainda mais difícil para muitos.

Como conquistar a estabilidade no serviço público

Abaixo é possível acompanhar quais são os principais vilões que fazem com que você não consiga a estabilidade. Aproveite essas digas e veja o que não fazer.

VOCÊ TAMBÉM PODE VER COMO OTIMIZAR SEU TEMPO COM O CICLO EARA

Estudar com as redes sociais ao lado

Sem dúvidas, isso é uma das coisas que você não deve fazer se quiser uma vaga no serviço público. Redes sociais, internet, whatsapp, televisão entre outros são fatores que podem atrapalhar muito o candidato na hora dos estudos.

Claro que você não precisa excluir suas redes sociais ou abolir o mundo digital. Pelo contrário. A internet é algo que nos ajuda bastante se usada da forma correta.

Hoje há uma variedade enorme de recursos digitais disponíveis para o candidato usar na sua preparação. Neste caso, faça o melhor uso da internet buscando grupos de estudos, ouvindo Podcasts, videoaulas como as do Gran cursos ou outros cursinhos.

Foque nos estudos e não permita que outras distrações tirem o seu foco.

[mks_button size=”large” title=”VEJA OS 7 MELHORES SITES PARA TESTAR SEUS CONHECIMENTOS” style=”squared” url=”https://www.concurseirosdamadrugada.com.br/questoes-de-concursos/” target=”_blank” bg_color=”#1e73be” txt_color=”#FFFFFF” icon=”fa-thumbs-up” icon_type=”fa” follow=”1″]

Ter medo de não ser aprovado

Muitos candidatos têm medo de serem aprovados e ter que ficar dando explicações para familiares e amigos. Por causa disso, deixam de fazer concursos. Infelizmente isso é mais comum do que você imagina.

medo de não ser aprovado

Inclusive, o medo de fracassar pode impedir que o candidato use todo o seu potencial na hora de sua preparação. Algumas pessoas encaram o fracasso como algo inaceitável ou ruim mas a cada fracasso você estará mais próximo do seu objetivo final.

Preguiça

Se tem uma coisa que nenhum concurseiro pode ter é preguiça. Então, tenha um horário específico de estudos também pode ajudar a espantar a preguiça. Esse mal não combina com alguém que tem uma meta bem clara e definida.

A preguiça te tira do foco e rouba o seu precioso tempo. Por isso, tenha em mente que para atingir seus resultados com satisfação você vai ter que abrir mão de muita coisa e lutar contra outras, inclusive contra você mesmo.

Faça do estudo um hábito. Assim, mesmo que bata a preguiça, você saberá como vencê-la.

Não cuidar dos problemas emocionais

O concurseiro, em algum momento de sua vida, pode ter algum tipo de problema emocional. Com isto, você pode sentir insegurança com relação aos seus objetivos, pode se sentir incapaz de conseguir passar em uma prova por já ter tentado algumas vezes e ter fracassado.

estudar com problemas emocionais

Enfim são muitas as razões que podem trazer algum tipo de problema emocional para o concurseiro.

Independente de qualquer coisa, pense sempre positivamente e se cerque de pessoas que estão com o mesmo objetivo que você.

As vezes em um momento de fragilidade, ouvir um “conselho” de uma pessoa errada pode ser fatal na vida de um concurseiro. Não desista de seus sonhos!

Dar a desculpa que falta de tempo

A falta de tempo não existe. O que existe é falta de organização ou prioridades. Caso o concurseiro se organize e monte um ciclo de estudos focado no tempo que ele tem disponível para estudar, o seu planejamento vai acontecer conforme o previsto. Claro que desde de que se tenha disciplina.

Você deve fazer uma análise de si mesmo e identificar aquilo que está faltando hoje na sua preparação. Isso pode fazer total diferença entre o ser aprovado e o continuar tentando.

O medo e a insegurança podem bater a sua porta em algum momento, mas se você estiver estudando com o método de estudo correto e tiver a determinação necessária o sucesso é só uma questão de tempo.

Um forte abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo